Tríade do Horror: Edgar Allan Poe, Roger Corman e Vincent Price

Existem nomes de brilho extra em cada área de atuação, a exemplo de Pelé quando o assunto é futebol. De igual forma, no tema Horror esbarramos com alguns gigantes atemporais. Este é o caso destes três ícones que se juntaram - talvez até involuntariamente - para criar uma série muito boa de filmes do gênero: Ciclo de Adaptações de Edgar Allan Poe.

No início da década de 60 e distante das mega produções hollywoodianas Roger Cornan - um verdadeiro mestre na arte dos Filmes B e boas obras de baixo custo - resolveu selecionar trabalhos literários do fantástico escritor Edgar Allan Poe e transportá-las para as telonas. Para a execução deste trabalho Roger contou com roteiros de Richard Matheson - Além da Imaginação - e um elenco fabuloso, dando-se destaque ao Divo do Terror, Vincent Price. Com esta tríade não havia como o resultado decepcionar!

Outro destaque do ciclo cinematográfico, composto por 07 filmes, fica para a ambientação completamente gótica e de cores berrantes e estilizadas. Aqui o baixo orçamento só faz ressaltar a criatividade e essência literária das obras. Curiosos? Vamos a lista de filmes:


Ano: 1960
Sinopse: Philip retorna a Manão Usher atrás de sua amada Madeline. Ao chegar lá descobre que ela e seu irmão Roderick estão sendo assombrados por uma obscura maldição, onde toda vez que há irmãos na família Usher, este ou se tornam insanos ou sofrem com mortes horríveis. Decidido a solucionar o mistério, Philip permanece no local experimentando de estranhos eventos. 

Ano: 1961
Sinopse: Francis Bernard vai até a Espanha uma vez que soube do falecimento de sua irmã Elizabeth, a qual é casada com Medina, filho de um cruel inquisitor. Ao saber que a morte de sua irmã teria sido fruto de uma doença sanguínea passa a investigar, já que desconfia da versão de Medina. Fatos estranhos acontecem após a suposição de que a mesma teria sido enterrada viva. 

Ano: 1962
Sinopse: Guy é um artista conturbado que, contra a vontade de sua irmã Kate, casou-se com Emily. Este casamento é um ponto definitivo para sua fobia de ser enterrado vivo; Afinal, antes dele havia conseguido superar, mas, aos poucos se torna obcecado por tal, chegando a construir uma túmulo projetado para que tal fato não ocorra. Sua fobia piora na tentativa de provar a sua superação.

Ano: 1962
Sinopse: Três histórias de Edgar Allan Poe compõe a trama desta obra: Um homem e sua filhas reencontram-se, mas a culpa pela morte da esposa permanece não resolvida; Uma competição esquecida entre a atenção de um deles para com a esposa; E, um homem em seu leito de morte que concorda em ser hipnotizado, levando todos ao inimaginado.

Ano: 1963
Sinopse: Filme inspirado em uma das mais famosas - senão a mais - de Edgar Allan Poe: O Corvo. Aqui um mágico que foi transformado em um corvo busca um famoso feiticeiro para quebrar o encanto. 

Ano: 1964
Sinopse: Anos após ter enterrado sua esposa Ligea, Verden se apaixona por Lady Rowena, tendo casado com a adorável mulher. Todavia, a vida que prometia ser fantástica, resulta em um reclusão e estranhos comportamentos por parte de Verden. As memória de Ligea continuam a assombrá-lo, bem como a promessa dela de que nunca iria morrer. 

Ano: 1964
Sinopse: No século 13, um sinistro príncipe  vive afastado do mundo, enclausurado em seu castelo, enquanto a temível Peste Vermelha toma conta do resto da cidade. As injustiças do monarca serão vingadas durante um baile à fantasia realizado no interior do seu castelo, quando uma misteriosa figura vestida com uma máscara vermelha revela sua identidade. 



Boa Sessão Terror!


This entry was posted on 3 de out de 2011 and is filed under , , , , , , , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

20 Responses to “ Tríade do Horror: Edgar Allan Poe, Roger Corman e Vincent Price ”

  1. O Corvo é muuito legal!
    Adorei o blog, fiquei sabendo de muitas coisas aqui.
    http://seriesbooksmovies.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. so filme clássico..
    mas ainda não tive prazer te assistir nenhum, mas so pelo resumo da pra ver q é bom!

    ResponderExcluir
  3. Também acho o filme O Corvo, muito legal. Não gosto tanto de filmes de terror, mas o melhor dessa seleção é este, sem dúvidas.
    http://lollyoliver.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. o único que eu vi é o clássico o corvo =D

    nem sabia que tinha tantos mais \o/

    ResponderExcluir
  5. Olá :)

    Apesar dos baixos recursos, acho que os filmes de terror de antigamente são muito melhores que os de hoje em dia, mesmo com tanta tecnologia...

    Adorei as dicas!

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  6. Acho que estão confundindo O Corvo com o filme do Brandon Lee... pra dizer o mínimo.

    Linda Karla, dê uma olhada no seu post. Vc repetiu a sinopse de A Mansão do Terror em Premature Burial.
    -----
    Estou mesmo numa vibe de ver os filmes clássicos que mal vi na infância nas reprises de madrugada da Globo. Revi há coisa de 2 anos, A Mosca da Cabeça Branca com o canastrão do Vincent Price e sua sequência. Ótimas as suas dicas! Sou fã de Richard Matheson e não o havia associado exceto a primeira versão de Eu sou a Lenda que tbm continha Price.Abs!

    ResponderExcluir
  7. Adoro os contos
    otimas dicas de filmes mas, prefiro os livros aos filmes...esou ansiosa por The Raven que deve ser lançado ano q vem inspirado na morte de Edgar Allan Poe

    http://patyveiga.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Lindo este post moça! Eu, infelizmente, ainda não assisti todos esses filmes que Corman fez com Price...e putz...adaptados de textos do grande Edgar Allan Poe!? Esta tríade é certamente “os gigantes do terror”. Vou correr atrás do preju.. e baixar algumas obras que não encontro no DVD: (ex. Muralhas do Pavor) O gato Preto’ nesta coletânea deve ser genial. Só tenho mesmo as versões mais antigas da Universal e sou fã de “Os Assassinatos Da Rua Morgue” com Lugosi. Enfim, filmaços!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Urbano:

    Muito Obrigada por ter me avisado...
    Já corrigi! hehehe

    É, eu também acho que está havendo uma confusão de Corvos aí ;P

    ResponderExcluir
  10. Rodrigo Mendes:

    Não acha mesmo em DVD!
    Aqui no Brasil até onde eu tive notícia destes só "O Corvo" foi distribuído em DVD.

    ;D

    ResponderExcluir
  11. O problema é que eu me impressiono muito fácil com este tipo de filme :P

    ResponderExcluir
  12. Não curto muito contos de terror; mas se envolve mistério é algo com certeza bem interessante de se ler. Muito boas as indicações. Abraço!!

    http://leonardoangelos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Olá, desses eu só assisti O CORVO terror é o meu gênero preferido ! :)

    http://things-and-things.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Ah Karla; mas aí fica difícil comentar HAHAHA Com uma sequência dessas ... Eu particularmente admiro muito o trabalho de Vicent Price; e este filme que você escolheu é um dos meus preferidos.

    Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  15. Olá Karla, gostei demais do seu blog. seja bem vinda ao Blogs de Cinema clássico. Pode colocar seu selinho. Estou apresentando vc aos nossos colegas. abraço
    www.blogsdecinemaclassico.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Não gosto muito de filmes de terror, mas sua seleção foi excelente!

    ResponderExcluir
  17. Acho de Edgar Allan Poe é um dos escritores com maior adaptações no mundo cinematográfico. Destes citados assisi a Mansão do Terror, Muralhas do Pavor (por sinal uma pequena grande obra) e Túmulo Sinistro.

    O Corvo, filme com Brandon Lee concebido através do quadrinista James O'Barr que além de ter como fonte de inspiração a trágica morte de sua namorada na adolescencia contou que tbm criou a ambientação a história em cima do poema de Poe.

    ResponderExcluir
  18. Adoro filmes de terror...
    Ótimas indicações...
    À propósito,adorei o seu blog.
    Estou te seguindo!

    ResponderExcluir
  19. Excepcional! Ótimas construções de textos e informações relevantes...
    Fiquei extasiado quando assisti "A orgia da morte" (A mácara da morte rubra), uma adaptação atroz e morbidamente bela do conto do Mestre Poe...

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!