Divagando em Cores

Vermelho.

Unhas vermelhas
Lábios vermelhos.
Vestido vermelho.
Vestido preto.
Cabelos pretos.
Scarpins pretos.
Brincos verdes.
Aqueles malditos olhos verdes.
Penso no vermelho.
Vermelho, sua cor.
Vermelho que lembra verde.
Verde seu.
Esqueça o verde!
Viva o preto.
Preto clássico.
Preto que combina com tudo,
Inclusive o verde.
A minha desgraça em verde.
Tenho que apagar esta cor da minha vida,
E, com isto, destruir o resto de você que mora em mim.
Apenas uma ilusão fria,
Uma miragem do que um dia significou.
Que, ainda, não largou do meu íntimo.
Transformando o mais colorido dos dias
Em verde obsessão.
Preciso destruir o verde que me povoa. 


Confira o texto também no RECANTO DAS LETRAS.



This entry was posted on 12 de ago de 2012 . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

Leave a Reply

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!