Sexta-feira 13: 5 Filmes de Terror e Rock n' Roll

Via Tumblr.
Não é de hoje que a combinação rock e o terror funcionam em complementação perfeita. O estilo abusado das duas artes servem de embalo uma para outra, assim, transformando que já era subversivo em maestria de contra-cultura (ou não). O fato é que a mistura de música e cinema tornou-se uma das mais adoradas pelo público, bem como os gêneros aqui citados.  

Acompanhando o clima das postagens de hoje no Antes que Ordinárias - Todas Somos Um Pouco Bruxas! e Deusas do Rock -, resolvi montar uma lista curtinha com horror movies que souberam implementar de forma condizente a magia do rock n' roll.

Segue a lista:

A Hora do Espanto (1985) - Os anos 80 renderam ótimas franquias de terror e o desenvolvimento do estilo rock em várias vertentes. Como não poderia deixar de ser, as películas da época englobaram referido estilo musical. O delicioso terrir A Hora do Espanto traz uma trilha sonora consistente e marcante, trazendo artistas como White Sister, Sparks, Devo e Autograph.

Os Garotos Perdidos (1987): Um dos meus preferidos da Sessão da Tarde, indispensável para todo o fã de vampiros longe das definições atuais. Com relação a trilha sonora... Uau! É muito instigante; O filme é acompanhado de The Rascals, Gerard McMahon, Echo & The Bunnnymen, Lou Gramm e INXS.

Rejeitados pelo Diabo (2005): Quando o assunto é terror nas mãos de Rob Zombie só podemos esperar uma trilha sonora repleta de rock n' roll e riffs de guitarra. Dentre os que assisti dele, Rejeitados pelo Diabo é o meu preferido em matéria musical, já que vaga nas raízes rockeiras. Dentre os artistas temos Terry Reid, The Allman Brothers Band, Blind Willie Johnson, David Essex, Lynyrd Skynyrd e Muddy Waters.

A Volta dos Mortos Vivos (1985): Além de ser uma homenagem divertidamente pavorosa ao clássico do George A. Romero, vem repleto de rock alternativo, pitadas punk e muitas canções para serem ouvidas ao máximo do volume. Compõem a soundtrack: Frances Haines, Tsol, The Damned, The Flesh Eaters, 45 Grave, The Cramps e outros.

The Rocky Horror Picture Show (1975): Este terror musical - clássico filme de Halloween nos EUA - foi concebido para ser uma ópera rock e acertou em cheio. As canções são divertidas, com horror e sexualidade bem exploradas.


Uma ótima sexta-feira 13!


This entry was posted on 13 de jul de 2012 and is filed under , , , , , , , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

7 Responses to “ Sexta-feira 13: 5 Filmes de Terror e Rock n' Roll ”

  1. Boa noite, Karla.
    Destes filmes, eu só não assisti a Rejeitados pelo Diabo (aliás, nunca vi nenhum filme do Rob Zombie) e The Rocky Horror Picture Show, que ouvi falar que é muito louco.
    Interessante que hoje em dia os zumbis oitentistas são vistos como comédia, já que os filme e séries sobre eles os tratam seriamente.
    Os Garotos Perdidos é um clássico eterno sobre vampiros (teve continuação, que nunca me animei a ver).
    Abraço, Karla.

    ResponderExcluir
  2. Eu também ainda não assisti nem o rejeitados pelo Diabo, nem nenhum outro do Zombie, já os outros se tornaram verdadeiros clássicos, filmes que se tornaram cults com tempo!

    Ótimo post!
    Abração Karla!!!

    ResponderExcluir
  3. Ótima lista, Karla. Acho até que vou ver um terrozinho hoje.

    O Falcão Maltês

    ResponderExcluir
  4. Garotos perdidos é um clássico... passeando na loja Americanas o encontrei por um preço baixíssimo. Tive que comprar!

    Adorei a postagem...

    bjks :)

    ResponderExcluir
  5. Adorei este postagem Karla!
    Realmente a combinação rock e terror é perfeita. De todas as trilhas a minha favorita é sem dúvida "The Lost Boys" que tenho predileção, aliás, conheci o filme através da trilha!

    Nunca fui adorador dos trabalhos de Rob Zombie no cinema, porém, a música deste "Rejeitados Pelo Diabo" é F!@#$% heim? rs

    E vem cá, "A Volta dos Mortos-vivos" é um barato, né? Morro de rir! Já "Rock Horror Picture Show", apesar de ser uma obra -prima do gótico cult, me deixou traumas, afinal o Tim Curry assusta demais. Creio que mais até do que em "IT".

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Não sou chegada em filme de terror, mas a minha sexta-feira 13 foi bem tensa: entrevista no Consulado Americano. Graças a Deus deu tudo certo.

    ResponderExcluir
  7. Olla Moça,
    tudo bem?
    Adorei o texto.
    Divulgue na comunidade da radio KISS FM (alternativa kiss)

    ah! copiei seu banner pra colocar em meu blog ;)
    bjs

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!