Livro do Mês: Para Um Amigo

A melhor fase para se aproveitar uma leitura é após a compreensão mínima de existência pessoal pelo leitor. Com a noção do que sua individualidade deve ser respeitada, o ato de ler serve-se da absorção gradativa, incorporando-se nos detalhes, Bem como Clarice Lispector descreve acima. Para dar um espaço maior a literatura aqui no blog, uma vez  a cada 30 dias, comento sobre um livro que li neste período na sessão. Ou seja, uma obra literária mensal! Assim, vou seguindo com a sessão Livro do Mês. Contudo, neste primeiro mês de 2012 optei por algo um pouquinho diferente; Já que através do site PerSe publiquei meu primeiro livro (versão impressa e versão e-book), aproveitarei-me do espaço para fazer um "merchandising" e falar um pouquinho do meu primeiro filho literário
                                                           Para Um Amigo.
.
  • Como Surgiu: A primeira grande noção de que a vida segue por rumos diferentes e divergentes acontece no final do segundo grau. Ali, tudo o que se compartilhou com seus amigos de infância/adolescência transforma-se em nostalgia instantânea. Está na hora do adeus. Talvez por isto comecei escrevê-lo - sem o intuito de formar um livro -  lá pelos meus 15 anos. Aos poucos fui incluindo percepções em novos textos, formando até o primeiro ano de faculdade um ode poético as vivências experimentadas com meus amigos. 
  • História: O livro não possui uma preocupação em se identificar por fases distintas, é uma mescla de instantes variados, assim como os dias. O verdadeiro elo de ligação é o sabor de cumplicidade, feito amigos; "Nos momentos mais complicados e mais gloriosos de nossas existências há um denominador particular: A presença de pessoas marcantes. Podem variar desde um companheiro de longa data até um ilustre desconhecido, de alguma forma estas pessoas afetam o ritmar da vida. A estes amigos - em suas mais variadas formas - é que dedico os meus versos." RETIRADO DAQUI
  • Aperitivo: Deixo aqui só um "gostinho" de meu versejar:
Uma Pequena Conversa

Apaixonada?
Não, estou cansada.
Por quê?
O amor não me foi justo.
Fez amadurecer?
Sim.
Fez sonhar?
Sim.
Fez viver?
Sim.
Quão justo foi seu amor.
Para mais poesias visite o MINHA POÉTICA.
  • Extras: Você pode adquiri-lo AQUI. 


This entry was posted on 30 de jan de 2012 and is filed under , , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

3 Responses to “ Livro do Mês: Para Um Amigo ”

  1. Olá Karla. Ambos estamos como se diz por aí "no mesmo barco", encarando um mercado editorial através de editoras por demanda e na luta árdua por escrever livros realistas enquanto o maior interesse dos leitores está voltado parece que quase totalmente para a literatura fantástica.
    Eu até gosto de alguns títulos, mas dos mais clássicos tais como Stephen King e Edgar Allan Poe, esta leva de livros da saga Twillight e Fallen não fazem nem um pouco o meu gênero. Apenas reverencio da atualidade Harry Potter, Crônicas de Nárnia entre outros.
    Adoro ler tanto quanto escrever livros onde a vida real é o cenário.
    Eu decidi, dependendo da disponibilidade dos autores, a cada sábado, fazer uma matéria com um novo autor, pois estamos precisando de incentivo. Publicar o livro é apenas o primeiro passo, você sabe bem, qualquer coisa, se interessar por uma parceria, basta me avisar.
    Boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Meus parabéns! Desejo muito sucesso no novo projeto. Bjos

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!