Ela Faz Cinema


Tenho ansiado por mudanças.
Feito Drew Baylor, experimento o sabor de meus fracassos
Enquanto transmuto a existência para além do preto e branco.
Vou criando as mais absurdas teorias,
E, como Claire Colburn, vou afirmando para a universalidade que
Determinadas canções precisam de ar.
Sinto.
Quem sabe esteja eu a enganar o mundo,
Quem sabe eu realmente seja "one of a kind".
Agora não importa,
Sigo.


Meus versos são inspirados em Tudo Acontece em Elizabethtown(2005), filme de Cameron Crowe que conta a história de dois estranhos descobrindo-se em meio a eventos desaventurados. Recomendo aos sensíveis!
.

This entry was posted on 25 de jan de 2012 and is filed under , , , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

One Response to “ Ela Faz Cinema ”

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!