Hammer Film Apresenta: Os Dourados Anos 60

Quem é fã de monstros clássicos já esbarrou com as obras cinematográficas da Hammer Film. Fundada em 1934, esta companhia cinematográfica inglesa ganhou seu status de Horror House após lidar com o sucesso de alguns filmes do gênero na década de 50 - inclusive com A Maldição de Frankenstein (1957) e Drácula - O Vampiro da Noite (1958), nos quais Peter Cushing e Christopher Lee receberam destaque -, conforme comentei na Retrospectiva do Terror. Uma vez que este estilo de filmes se encontrava enfraquecido, o renascimento do horror imposto pela Hammer garantiu o destaque necessário para que entrasse nos anos 60 com força total, atraindo inclusive a atenção de alguns grandes nomes hollywoodianos como Twentieth Century Fox e ABC Televsion. Em que pese tenha mantido um bom nível de sucesso até os anos 80, na década seguinte apenas realizou um documentário em 1994. Todavia, em 2008 a produtora ganhou nova força, entrando nos anos 2010 com trabalhos como Deixe-me Entrar, A Inquilina e The Woman in Black

Assim, independente do sucesso vindouro, a década lendária - anos 60 - para Hammer nos presentou com alguns títulos inesquecíveis, tanto de Terror quanto Sci-fi e até Thriller. Aproveitei o ensejo para  fazer uma lista com as películas da época, escolhendo um título por ano.   

Com vocês, 10 Filmes dos Dourados Anos 60 da Hammer:

As Noivas de Drácula (1960): O filme conta a trajetória do caçador de vampiros Dr. Van Helsing que fora obrigado a retornar a Transilvânia para destruir o charmoso e nefasto Barão Meinster, o qual está encantado pela bela e jovem professora Marianne. Destaque para Peter Cushing no papel do inesquecível Van helsing.
Querendo assistir online ao filme completo, aqui estão as outras partes: Parte 2, Parte 3, Parte 4, Parte 5,  Parte 6, Parte 7, Parte 8 e Parte 9.

A Maldição do Lobisomem (1961): Passado na Espanha, a película relata a história de Leo, nascido no dia natal de sua mãe - uma empregada muda que foi estuprada por um mendigo. A mãe dele morre no parto e Don Alfredo o acolhe. Desde criança ele dá sinais de ser um lobisomem. Quando grande se apaixona por Cristina e descobre que nas noites de lua cheia a sua maldição ataca novamente.  
Querendo assistir online ao filme completo, aqui estão as outras partes: Parte 2Parte 3Parte 4Parte 5,  Parte 6Parte 7, Parte 8, Parte 9 e Parte 10.

O Fantasma da Ópera (1962): O corrupto Lorde Ambrose D'Arcy roubou o trabalho da vida deste pobre professor de música, Petry. Na tentativa de parar o Lorde, Petry invade uma gráfica onde acidentalmente inicia um incêndio, o qual lhe causou diversos ferimentos, deixando-o desfigurado. Anos mais tarde ele descobre que uma ópera estará encenado o seu trabalho e surge para assombrar e procurar por vingança. É um musical que mistura drama e terror.
Querendo assistir online ao filme completo, aqui estão as outras partes: Parte 2Parte 3Parte 4Parte 5,  Parte 6Parte 7, Parte 8 Parte 9.

Maniac (1963): Este thriller de mistério e horror desenvolve a trama de um pintor americano que se paixona pela dona de um bar na França. Justo elaboram um plano para ajudar na fuga do ex-marido dela que fora preso em uma instituição por ser o responsável por uma série de assassinatos grotescos denominados pela einprensa de "The Acetylene Murders".

A Górgona (1964):  Mais um personagem da Hammer inspirado na mitologia popular, no caso, a górgona - aquela que transforma as pessoas em pedra. O filme relata que no início do século XX, em um vilarejo europeu, os moradores tem aparecido literalmente petrificados. Aos poucos se descobre que a criatura - Megaera - sai do castelo em noites de lua cheia trazendo o terror.
Querendo assistir online ao filme completo, aqui estão as outras partes: Parte 2Parte 3Parte 4Parte 5,  Parte 6Parte 7, Parte 8Parte 9, Parte 10, Parte 11, Parte 12, Parte 13, Parte 14 e Parte 15.

The Nanny (1965): Este filme apesar de ser um suspense sempre me causou um certo incômodo, tudo parece esquisito. Enfim, é a história de uma babá, interpretada por Bette Davis, que cuida de um menino perturbado de 10 anos. O garoto ficou entratamento por dois anos já que teria - supostamente - afogado a sua irmãzinha. Quando ele volta para casa sua mãe é envenenada. Ele acusa a babá dos dois eventos, mas, ninguém acredita nele a não ser um vizinho.

Querendo assistir online ao filme completo, aqui estão as outras partes: Parte 2Parte 3Parte 4Parte 5,  Parte 6Parte 7, Parte 8 Parte 9.

Epidemia de Zumbis (1966): Este eu nem preciso explicar a premissa; Uma epidemia, as pessoas morrem e - surpresa, surpresa - transformam-se em zumbis, neste caso por conta de vodu. 
Querendo assistir online ao filme completo, aqui estão as outras partes: Parte 2Parte 3Parte 4Parte 5 Parte 6.

Frankenstein Created Woman (1967): Aqui eu vou tentar explicar a trama, porque é um tantinho confusa... Dr. Hertz reamina o Barão Frankenstein, que estava morto e congelado. O seu assistente de laboratório, Hans, foi condenado a guilhotina por ter matado o dono de um bar. A filha do dono do bar, Christina, comete suicídio e é reanimada pelo Dr., só que com o cérebro de Hans. Assim, ela com as memórias de Hans vai atrás de todos aqueles que foram responsáveis por sua condenação querendo vingança. (Ufa!)

Journey To The Unknow (1968): Num estilo meio The Twilight Zone, esta série inglesa fez uso do mistério, terror e inimaginável para criar seus episódios de sucesso. No total foram 23 episódios em 2 anos.
Aqui vou deixar 5 episódios completos para assistir online: Paper Dolls, Poor Butterfly, The Last Visitor, The Beckoning Fair One e Girl Of My Dreams.

Frankenstein Tem Que Ser Destruído (1969): Mais uma vez o Dr. Frankenstien está realizando experimento ilegais. Desta vez com a ajuda de Karl e Anna sequestrando uma pessoa mentalmente doente com a intenção de realizar o primeiro transplante de cérebro.
Querendo assistir online ao filme completo, aqui estão as outras partes: Parte 2Parte 3Parte 4Parte 5,  Parte 6Parte 7, Parte 8, Parte 9 Parte 10.

Boa Sessão Terror!




This entry was posted on 6 de out de 2011 and is filed under , , , , , , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

14 Responses to “ Hammer Film Apresenta: Os Dourados Anos 60 ”

  1. Karla, acabo de linkar o seu excelente blogue. Vi o post sobre Brando. Ótimo.

    O Falcão Maltês

    ResponderExcluir
  2. seguindo
    http://things-loose.blogspot.com/

    PS.: Sigo de volta, só é deixar seu blog nos comentários.
    beijos

    ResponderExcluir
  3. amei aq
    seguindo
    http://laydorea15.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Deliciosas pérolas trash , correndo assistir uns que ainda não ví .
    http://fleonandthecity.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. humm adoorei
    parabénnns

    http://www.hrdoblush.com/

    ResponderExcluir
  6. A Hammer é outra especialista do terror, simplesmente adoro muitos filmes do estúdio britânico. O meu favorito é a versão do Lobisomem com o Oliver Reed. Aliás, um filme bem diferente baseado no folclore. Além do mais, os meus atores prediletos Peter Cushing e Christopher Lee fizeram parte deste legado.
    Parabéns pelo resgate Karla. Muito bom mesmo!

    Beijos.
    p.s. estou muito interessado em conferir "The Woman In Black" e ver o jovem Radcliff em um papel diferente. 'Deixa-me entrar' ainda prefiro o original =D

    ResponderExcluir
  7. Destes so vi o Fantasma da Opera os filmes de terror era muito melhores nas decadas de 50,60 e 70 deois virou propaganda e historinhas infantis sem sustos e emoções

    ResponderExcluir
  8. Não sei porque, mas esse tipo de terror nunca foi muito a minha praia.
    Esses monstros não conseguem me assustas, isso é chato :(

    ResponderExcluir
  9. Grande Hammer com seus filmes de Horror! Amo os filmes da Hammer hehe... Bela postagem Karla^^

    ResponderExcluir
  10. Sempre tive medo de filmes de terror.
    Definitivamente não é a minha praia.

    ResponderExcluir
  11. Seu blog tá mudado.... eu curtia mais o Design antigo... enfim, seus posts estão maravilhosos como sempre.

    Abraços!

    F.

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!