As Bruxas dos Anos 90

Para quem sempre teve um fascínio pelo sobrenatural ter crescido na década de 90 foi extremamente produtivo. Quem curtiu a infância e a adolescência neste período com certeza deve ter presenciado a "febre wicca", geralmente ligada a garotas buscando uma diferenciação do resto da multidão de jovens. Claro que a grande maioria - assim como eu - só gostava do ideia de estar compartilhando um conceito medieval questionado pela igreja católica - aqui falando esta guria que estudou em um colégio de irmãos - somado ao glamour que alguns filmes da época imbuíram a magia das ditas Bruxas! 

Relembrando um pouco a minha fase de ter várias bruxinhas espalhadas pelo quarto, resolvi fazer uma lista de películas e séries lançadas de 1990 a 1999 com a temática. 
Aviso que NÃO estou aqui discutindo qualquer posicionamento religioso ou de crenças, até porque não possuo conhecimentos suficientes para tal. Ademais, esta postagem de puro caráter de entretenimento.
Segue a Lista:


(1990)
Já comentei por aqui no blog que esta película está entre os meus Traumas de Infância. em que pese tenha assistido diversos filmes com uma temática de "bruxas más" nenhuma supera a bela - na real - medonha - no filme - Anjelica Huston e seu plano de aniquilar com as crianças. Ainda que cite ele como trauma, recomendo. É bem montado, efeitos especiais muito bons para a época e atuação da malévola antagonista está soberba.

(1993)
Do susto pueril para a comédia infantil, temos o adorável Abracadabra. A Disney entrou na onda do Halloween e suas bruxas com três figuras bem diferentes: A chefe (Bette Midlerr), a atrapalhada (Kathy Najimy) e a burra (Sarah Jessica Parker), conhecidas como as Irmãs Sanderson. Elas acordam depois de 300 anos tentando impor o terror, mas dois adolescentes, uma menina e um gato estão dispostos a lutar. O grande trunfo do filme? A escolha das atrizes para as estilizadas bruxas.

(Série - 1996)
Esta é uma série conhecida e no maior estilo família. Sabrina é uma adolescente que descobre que é feiticeira; Assim, ela tem que conviver com suas crises da fase e aprender a usar seus poderes. Hoje em dia seria um equivalente ao Os Feiticeiros de Waverly Place.

(1996)
O maior epítome no quesito "Desejo de conhecer o universo Wicca na adolescência". Contando a história destas quatro garotas que se envolvem no universo da bruxaria, cada qual com o seu objetivo de ganho pessoal. Aos poucos, contudo, Sarah Bailey - a mais poderosa delas - percebe o rumo perigoso de suas brincadeiras , querendo sair. Aí entra a persona de Nancy Downs (interpretada pela estranhamente bela Fairuza Balk). O visual delas era muito copiado - tá, pelo menos por mim, hehehe.

(1996)
Um wannabe de Jovens Bruxas, deixa a desejar em seu enredo - garotas de um colégio católico que acabam sem querer se envolvendo com o oculto - e produção de baixo custo. Mas, como segue a linha de sucesso da época, vale  a menção. 

(1996)
O que eu mais gosto nesta obra cinematográfica? O elenco, é claro! Winona Rider e Daniel Day-Lewis já servem para atrair a atenção. O filme tem como premissa os infames julgamentos ocorridos em Salém durante o século 17, onde diversas mulheres foram condenadas por bruxaria. É baseada em uma peça de Arthur Miller.

(1998)
Baseado no livro Practical Magic de Alice Hoffman, traz a bruxaria para o gênero romance, tratando da história de duas irmãs bem opostas em comportamento e que compartilham do dom para a magia. Uma deles vive de paixões e a outra teme se apaixonar por conta de uma maldição. É um filme bem leve e gostoso de assistir.

(Série - 1998)
Outra referência master para o desejo de "ser bruxa" é a premiada série Charmed. As três irmãs tem de lidar com suas vidas pessoais enquanto enfrentam demônios, fantasmas, poltergeist e pesadelos. Eu, particularmente, adorava esta série - especialmente a Piper Halliwell

(1999)
Nem preciso falar a premissa aqui, não é verdade? Este falso documentário causou um verdadeiro furor e, por bem ou mal, modificou a direção que ia o cinema horror. Quando vi a primeira vez tinha 15 anos e realmente me assustei, confesso.

(1999)
O belo trabalho de Tim Burton traz um cético investigador caindo num emaranhado de instantes e mortes sobrenaturais. O visual gótico e a forma como trata o lado oculto de bruxas e magias transforma o filme num tom de conto espetacular.


Anos 90, Magia para Todos os Gostos!


This entry was posted on 26 de out de 2011 and is filed under , , , , , , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

17 Responses to “ As Bruxas dos Anos 90 ”

  1. filmes de bruxa sempre é bom, principalmente quando leva alguma coisa real no filme!!
    legal post adoro o sobrenatural

    ResponderExcluir
  2. É interessante essa ceita das bruxas, já vi algumas reportagens sobre elas. As cerimônias são bem curiosas, até mesmo a de casamento. Não é a toa que inspiraram várias obras!

    ResponderExcluir
  3. Eu adorava Sabrina, aprendiz de feiticeira, *.*
    beijos, http://nacaoesmaltada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Muito bom rever filmes antigos...
    Adoro filmes que tem bruxas!
    Mto bom o post
    mairacintra.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Muito legal seu blog,parabéns.
    http://viniciusguahy.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. A bruxa de blair é o melhor!


    http://blogdocharque.com/

    ResponderExcluir
  7. eu tinha medo de ver Convenção das Bruxas! rsrs
    Olá Karla... fazia tempo que eu não visitava teu blog!! Charmoso como sempre!! ;)

    verdadesquemeconvem.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Antes de ler o post completo pensei: Será que ela vai lembrar do filme A Convenção das Bruxas?
    E para minha surpresa era justamente o primeiro da lista. Esse filme fez parte da minha infância. E na época me assustou bastante pelos efeitos. Clássico!

    Os outros filmes da lista dispensam comentários. Ótimo post!

    ResponderExcluir
  9. Finalmente um post sobre cinema, aqui no Nascida em Versos, e posso dizer que eu já vi TODOS os filmes e séries...

    Recentemente fiquei hospedada em um hotel, que tinha tv a cabo, na tv pude assistir "Charmed". Gostei do que vi...

    ResponderExcluir
  10. Esses filmes são bem legais.
    Muito bom o seu blog, seguindo :)

    http://thebookofmydreams.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Amei esta lista Karla! É sessão da tarde com leite condensado misturado com filme pipoca e obras primas como As Bruxas de Salém. Ótimos filmes.

    A Bruxa de Blair vai estar na minha sessão daqui a alguns dias.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Olá, adorei as suas indicações.

    Eu curti muito CHARMED!
    E o filme A Bruxa de Blair é recomendável...
    Só nao assisti os Jovens Bruxos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Adorei os post. Adoro a maioria dos filmes citados aí. Costumava assistir muito nas tardes livres na tv. E também já tive minha fase "bruxinha". Na verdade eu era uma criança meio estranha. Porque embora fosse bem medrosa, amava histórias que envolvessem o sobrenatural. E meu sonho de infância era ser uma bruxa. Eu costumava "rezar" pra me tranformar em uma bruxinha e ter super poderes. hahahaha
    Imagina só a contradição né?! Mas na minha cabecinha de criança isso fazia todo o sentido. E eu até fazia planos de como seria a minha vida com esses tais poderes. Enfim, coisa de criança.
    Faz um tempinho que eu não vinha aqui no seu blog, mas como sempre está ótimo.


    - http://fernandaamylice.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá karla, td ok?Espero que sim! Adorei o post, adoro bruxas, (mas só em filmes hahaha) e adoro esses filmes! Muitos deles me fazem lembrar dos tempos de infancia que eram maravilhosos. Eu, Michele, escrevo sobre coisas que nos trazem boas recordações no blog perdinabolsa.blogspot.com e me identifiquei muito com seu blog. Nele tb há mais autores escrevendo sobre outras coisitchas, mas se quiser uma parceria, estamos aí, já coloquei seu banner aqui! Beijinhos e continuarei lendo seus posts... =*

    ResponderExcluir
  15. Eu adoro esta temática e só não assisti dois dos filmes da lista e não me lembro muito bem da série. Jovens Bruxas é muuuuito legal. A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça é belo.

    ResponderExcluir
  16. Gosto muito de "As Bruxas de Salém" e de "A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça"... e tem outras da listas que são inegáveis clássicos de nossa infância e adolescência... No eu caso o trauma foi com "A Bruxa de Blair", apesar de eu reconhecer o valor do lado experimental do filme, eu simplesmente o odiei que o assisti, talvez por isso tenha sido só uma vez...

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!