Ela Faz Cinema

Tenho a Razão de Elinor Dashwood;
Confrontando a Sensibilidade de Marianne Dashwood
Vivendo em constante esperança de equilíbrio,
Numa luta incansável entre 
Meu Yang coerente,
Meu Yin emocional.
Batalha que mira-se na evolução,
A qual pessoalmente vivo nos dias
Onde sou racionalmente desmedida em romance.


Meus versos são inspirados em Razão e Sensibilidade, minha história preferida de Austen. Tanto o filme quanto o livro conseguem me fazer sentir a evolução das personagens como nenhuma outra trama; Sem falar da ligação entre as irmãs Dashwood - sei bem o que é isto. Recomendo a todos!
.

This entry was posted on 13 de set de 2011 and is filed under , , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

12 Responses to “ Ela Faz Cinema ”

  1. Oiii querida
    Valeu pelo seu comentário lá no meu blog de cinema. Acompamnhe
    bjss

    ResponderExcluir
  2. Nossa que legal, bem interessante

    http://marifriend.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Razão e Sensibilidade é lindo. Parabéns pelos versos! ;)

    Karla já incluí também seu banner e seu link.
    Obrigado pela resposta.
    Estarei aqui agora!
    Beijos.

    Rodrigo

    ResponderExcluir
  4. Que legal usar Jane Austen para pano de fundo de sua poesia . Gostei muito do livro e do filme .
    http://andyantunes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Karla, que lindo! Eu gostaria de pedir sua autorização para publicar no blog da Jane Austen Sociedade do Brasil. Tudo bem?

    Adriana

    ResponderExcluir
  6. Que lindo!!! O Yin e o Yang sempre provocando fortes adrenalinas emocionais!!

    ResponderExcluir
  7. Concordo plenamente!
    Ela faz cinema *-*

    ResponderExcluir
  8. Muito interessante o seu blog...
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  9. Já li e assisti ao filme... são maravilhosos! Concordo!
    Preciso ler novamente, não digo que é a minha preferida também, pois foi a única obra da Jane, até agora, que eu li.

    ResponderExcluir
  10. Racionalmente desmedida em romance, muito bom.
    Coincidência, ontem mesmo passei um dilema na livraria pois não sabia qual levar, Razão e Sensibilidade ou Orgulho e Preconceito. Acabei trazendo Orgulho e Preconceito, mas esse também deve ser muito bom, é o próximo da minha lista!

    Abraço!

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!