Quem Bate?

- Quem Bate? 
- É o Frio!

O despertador fez questão de acordar-me cedo. Ousei espiar o ar que gelado fez-se. Aos poucos fui tomando coragem de tirar meu corpo do calor da cama. Primeiro o rosto, depois as mãos, em seguida os pés foram escapando por baixo na busca eterna pelo chão. Logo estava sentada, pronta para levantar e enfrentar uma ducha. Pela janela dava para ver um tom azul acinzentado, com um chuvisco sem utilidade borrifando os que passavam: Estava eu diante da primeira manhã real de Inverno.

Confira o texto também no RECANTO DAS LETRAS.





This entry was posted on 23 de mai de 2011 . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

Leave a Reply

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!