O Lado Mais Bonito

Depois de tudo que passei
Só queria correr para o lado mais bonito do mundo,
De mim,
Seu.
E esconder-me ali,
Trafegando por entre as mil cores e luzes,
Anestesiando o sentimento.
Não pude.
O turvo reside na visão,
Apagando a beleza,
Deixando-me com o nada absoluto de uma alma implorando por reformas.
Cade a confiança minha?
Para onde foi a sinceridade do meu sorriso?
Por que o sentimento resolveu transmutar-se em apatia?
Tentei fugir para o lado mais bonito
Mas nenhum lado é bonito sem a cumplicidade de seus beijos.
Eu quero melhorar;
Preencher este vazio que nem mais sei quem deixou
Fui eu?
Foi você?


Confira o texto também no RECANTO DAS LETRAS.



This entry was posted on 23 de mai de 2011 . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

Leave a Reply

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!