Na Sala de Espera

Com o passar das horas
Naquele lugar frio
Sentada em um canto
Cabelos presos
Sorriso vago
No aguardo de não apenas um resultado
Mas de uma boa notícia
Rabiscando em seu caderno
Escolhendo o nome
Se menina for
Se menino for


Confira o texto também no RECANTO DAS LETRAS.



This entry was posted on 23 de mai de 2011 . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

One Response to “ Na Sala de Espera ”

  1. Muito fofinho.

    Quase senti uma angústia curiosa por saber o que era aquela espera. O final é uma recompensa.


    www.blogdegaragem.blogspot.com

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!