Dois Momentos Irônicos na Trilha Sonora de Nascido para Matar

No post do Questionário Cinematográfico respondi algumas questões com filmes de um cineasta adorado por muitos, inclusive por mim: Stanley Kubrick. Neste final de semana tive a felicidade de esbarrar com uma de suas películas passando na telinha, mais precisamente no canal TCM durante um especial sobre a Guerra do Vietnã. Nem preciso falar qual é a obra cinematográfica de Kubrick, neh?!

Nascido para Matar é baseado em um livro de Gustav Hasford, chamado The Short-Timers. A trama é claramente dividida em duas partes: o Treinamento e a Batalha. Em ambos os segmentos a principal característica fixa-se na frieza/crueldade, no sabor de desumanidade recaída em cada instante. Com certeza é um retrato bem particular de uma das guerras mais contorversas já registradas.

Como não poderia deixar de ser, a trilha sonora corresponde a altura! Desde as composições específicas para a película até os clássicos da cultura popular, como Paint it Black ressoando nos créditos finais, funcionam. Mas, foram as inserções musicais com ar contraditório que concederam a cena - como se quisessem desdizer o já dito -  as que mais me encantaram.

Desta forma, selecionei duas cenas do filme que combinam músicas improváveis e um gostinho de ironia, bem no estilo ousado de Stanley; Confira:


Ordem dos Vídeos:
Música Original. . ........ . .... Música no Filme
video video
A canção de Nancy Sinatra - como podem ver pela tradução AQUI inclusa - conta a história de uma garota sensual e decidida, pronta para desprezar. Quando da gravação Nancy foi incentivada a cantar como se fosse uma adolescente esnobando um quarentão. Sabendo disto, fica fácil de notar a ironia na cena de Nascido para Matar quando a protagonista do momento é uma prostituta vietnamita tentando conseguir um trabalho. Por mais que, como diria Satine de Moulin Rouge, "a girl has got to eat", garanto que ela estaria pensando no quanto adoraria aniquilar os soldados americanos com suas botas!


Ordem dos Vídeos:
Música no Filme. . ........ . .... Música Original
video video
Que Surfin' Bird é um clássico do surf-rock todos sabem. Ou, caso não se tenha associado o título da música a própria fica aqui uma dica: "Papa-Oom-Mow-Mow". Gravada em 1963 pela banda The Trashmen, a canção logo chegou entre os hits mais executados graças ao ritmo contagiante e letra nonsense super divertida. Até aqui tudo bem. Contudo, ao ver esta música servindo de fundo para cenas de combate emolduradas por sorrisos insensíveis diante da guerra, gera-se certo incômodo. O humor inerente da canção serve de contraste entre o horror e o prazer de matar. A ironia do divertimento perante a destruição do outrem é perfeitamente desenhada com esta soundtrack.


Irônico, não?!





P.S.: Este post faz parte das provas do:
Crazys Demais

This entry was posted on 13/02/2011 and is filed under ,,,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

26 Responses to “Dois Momentos Irônicos na Trilha Sonora de Nascido para Matar”

  1. A idéia do titulo "nascido para matar" (apesar de naum ser a tradução original) já é muito contraditória, o capacete do "Joker" onde esta escrito "Paz e guerra"...(acho q é isso)é só contradição...ai me vem vc e me fala mais isso...cada dia mais agente descobre de fato q o Kubrikc é uma genio mesmo.......kkkk

    bjs gata.

    ResponderExcluir
  2. ADORO Nascidos para Matar!!! Eterno clássico!!!!

    ResponderExcluir
  3. parabens pelo blog
    boa semana
    ;*

    http://bruhworspite.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Irônia ou não trata-se de um contexto muito bem colocado, musicalmente e todo mais.

    Já viu Cisne Negro? Gostaria de "ler" sua opinião sobre...

    Obrigada pelas selos. Eu tenho certo fascinio sobre seu blog.

    http://memoriaspsicodelicas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Esse ano o melhor filme concerteza foi A rede social

    ResponderExcluir
  6. Nossa...
    Burn to Kill foi um dos melhores filmes de guerra que já vi.
    Achei muito interessante a trilha sonora, nunca tinha reparado!!

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito do seu post, um filme que é praticamente um clássico e eu particularmente ainda não assisti. Mas achei interessante suas críticas e pretendo assisti-lo em breve. Parabéns pelo blog, cultura nunca é demais não é? rs

    Passa lá também,
    http://estude-me.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Não tinha observado esse detalhe,muito interessante,obrigado por compartilhar,um ótimo filme com uma excelente trilha sonora!!!
    valeuuu....
    abçsss!!

    ResponderExcluir
  9. amei seu blog menina.. e eu nem tinha me ligado rs

    ResponderExcluir
  10. Nascido para matar é um filme muito Bom e com uma trilha sonora perfeita,musica é o que mais me agrada.

    passe por lá
    http://musica-dodia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. amey o seeu bloog


    http://thaa03.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. No mínimo curioso.
    Eu nunca cheguei a ver esse filme, mas agora que você fez um post relacionado a ele, me interessei *-*


    - EU ADORO O LAYOUT DO SEU BLOG

    ResponderExcluir
  13. Não assisti esse filme...

    Sempre que venho aqui, leio ótimas dicas de filmes que gostaria de ver e estou anotando tudo...

    Apesar da minha internet ser lenta, vi e gostei dos vídeos e da forma como você os colocou um ao lado do outro.

    ResponderExcluir
  14. Só assisti uma vez esse filme, a trilha sonora passou despercebida aos meus ouvidos..
    ótimas dicas..parabéns pelo blog e pela postagem.
    XOXO

    ResponderExcluir
  15. Nascido para matar é um filme muito bom mesmo, e tem tudo a ver com a sua análiseda trilha sonora com o aspecto claro de ironia se comparado com a cena.

    ResponderExcluir
  16. Sem calotes kk,muito baum seu blog vizual antigo,traz um charme pro seu blog ,muito lindo e chamativo.adorei
    to seguindo se puder me segui tbm.


    http://futuroeletronico.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. ta lindo o blog, poste emocionante

    http://hrdoblush.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Maravilhoso filme, maravilhoso diretor e maravilhosa trilha sonora!

    ResponderExcluir
  19. é por isso que existe a sonoplastia! não sei se vc viu Cisne Negro, é um susto a cada cena com seu fundo musical! Até os filmes "mudos" possuem uma sonoplastia bacana!

    ResponderExcluir
  20. Realmente sua observação foi brilhante.. Não tinha percebido isso...

    ResponderExcluir
  21. Passei aqui para fazer uma visita.
    Visite o meu blog também!
    O link está em meu perfil.
    Visito todos que me visitam,
    é só me visitar e deixar um link
    em comentários.

    ResponderExcluir
  22. Realmente irônico, e o mais triste é saber que existem muitas pessoas por aí que possuem este tal "prazer" em tirar vidas.
    Não sei como essas pessoas têm a capacidade de dormir, e muito menos de se considerar Humana.

    ResponderExcluir
  23. parabéns pelo blog!
    Venho sempre aqui, muito bom!
    _
    http://lollyoliver.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  24. Ótimo post, Paint it Black ficou marcado como a trilha sonora da guerra do Vietnã, não tem como ver uma cena de qualquer filme sobre o conflito sem que a música comece a toca na sua cabeça.
    Surfin'bird como fundo no filme ficou legal, ilustra bem o momento de discontração da história, agora ouvir só a música é irritante!


    www.evilwill.com.br

    ResponderExcluir
  25. Olá Karla, fiquei surpresa ao verificar que vc é uma cinéfila-- também me considero uma! Parabéns pelo seu Blog; excelentes postagens.
    Já estou seguindo-a. Conheça tb o meu!
    Beijosssss

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!