Ambições de Cinéfila Oitentista

Apesar de eu ter nascido em 1985, metade da década de 80, e ter passado a minha adolescência nos anos 90/2000, sempre me senti conectada com o cinema teenager oitentista. Não que as outras décadas não tenham produzido boas obras do gênero, isto é algo mais pessoal. Para mim, não houve maior diretor do estilo que John Hughes. Em verdade, é impossivel imaginar outro cinesta que tenha captado com a mesma destreza esta fase da vida. Sem exageros, John Hughes conseguiu transportar diversos aspectos irrefutáveis e dilemas atemporais - vide Clube dos CincoCurtindo a Vida Adoidado.

Claro, não sou a única que pensa/sente desta forma!


Em meus passeios pelos Tumbrl.s da vida, esbarrei com o gif que abaixo compartilho e, de cara, gritei internamente: "Perfeito! Eu também anseio/iei por isto.". Acredito que qualquer pessoa que entendeu o espírito da obra cinematográfica de Hughes - em especial a dos anos 80 -, também possui os seus momento de identificação e desejo por viver algo absurdo com o sentimento de realidade.

Deixo claro que nem a imagem abaixo, nem seu texto são de minha autoria. Contudo, por ter identificado-me tanto, tive que compartilhar - até fiz uma livre tradução do texto do gif para melhorar a leitura. O trecho faz parte do filme A Mentira (2010) - informação que obtive graças a Dani (gracias!).



Eu quero John Cusack segurando um boombox do lado de fora da minha janela.
Eu quero andar no cortador de grama com Patrick Dempsey.
Eu quero Jake de Gatinhas e Gatões esperando por mim na frente da igreja.
Eu quero Judd Nelson esmurrando o ar
Porque ele sabe que me tem.
Só por um instante, adoraria que minha vida fosse como nos filmes dos anos 80;
Preferivelmente algum com um número musical fantástico,
Incluso sem motivo aparente.
Mas não, não...
John Hughes não dirigiu a minha vida.



Conseguiu decifrar todos os filmes?
Eu e minhas ambições de cinéfila oitentista...




This entry was posted on 8 de jan de 2011 and is filed under , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

18 Responses to “ Ambições de Cinéfila Oitentista ”

  1. TODOS não, até porque senhorita oitentista, minha preferênia são pelos filmes 60'. ADORO clássicos, recentemente vi o "Tetro" do Coppola e falei comigo mesmo; este filme vai virar um clássico.
    ^^

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Há anos 1980 que não voltam... Sabor de infância e de sessão da tarde.

    Abs,

    ResponderExcluir
  4. Parabéns,vc é muito inteligente.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. hum... seu blog eh interessante

    Vc gosta muito de blog?

    espero sua resposta aki

    http://www.thetronics.com.br

    ResponderExcluir
  6. Karla,
    fiquei muito orgulhosa de tuas palavras lá no meu blog! Obrigada!
    Estou te seguindo, seu blog é lindo e tem conteúdo, se acha q mereço, segue o meu tb.
    Volto sempre e conto com tuas visitas!
    Sobre o post, fui adolescente oitentista e John Hugges p nós era o "papa" dos filmes!
    Parabéns!
    Humoremconto
    http://anaceciliaromeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Vivi essa época e morro de saudades! O gif é excelente, não há definição melhor. E essas tuas descobertas também!

    ResponderExcluir
  8. cara muito legal esse post
    me lembrou a série barrados no baile... hehe, nem sei se eram dos anos 80 ou 90, mas eu curtia pacas quando era pequena hehehe
    não consegui identificar os filmes =/
    faz tempo que não assisto tv, e os filmes que assisto ou são no cinema ou alguns lançamentos recentes, mas deu vontade de assistir um clássico... talvez faça isso hj hehe
    Bjooo
    Pris

    http://livrosdapris.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Interessante, apesar de não ser desta época e não compreender como um todo esta passagem, ao meu ver, ao ler suas ricas palavras, os que mesmo não presenciando este momento interagemcom a cultura de décadas anteriores. Despertando assim, uma busca pelo passado não conhecido por alguns, sou exemplo disso.

    Meus Parabéns!^^
    _______________________________________________
    Acesse, se possível: http://goza-te.blogspot.com/

    Humor com uma pitada de intelctualidade!
    Att, Tiago Leite

    ResponderExcluir
  10. Sinto falta de uma epoca, uma epoca que nem vive!
    [ANOS 60/70]

    ResponderExcluir
  11. Anhaam, do pouco que entendo sobre cinema, acho esse gênero muito preso as futilidades da adolescência. :/

    http://blogdokiraa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Olhe, estou entrando nesse mundo do cinema agora e foi bem difícil descobrir, viu? hehe

    mas, olhe, muito legal seu blog, quantas dicas ^^

    ResponderExcluir
  13. boa demais essa época... filmes sem 999999 efeitos especiais (nenhum na verdade) que ficaram na minha memória...

    ResponderExcluir
  14. Sinto falta desta época....
    Gostei muito do CLUBE DOS 5 que aparece no gif =]
    Pena que o presente passa :(

    ResponderExcluir
  15. Este trecho que vc colocou abaixo é do filme ''A mentira'', certo?
    Menina, assim como os clássicos de 60's os filmes ''moderninhos'' de 80 com toda a sua rebeldia e poesia marcaram época por nos fazer acreditar em contos de fadas não-utópicos. ( em algumas das vezes)

    Amei o post.
    Beijão

    ResponderExcluir
  16. Adoro filmes mais antigos, é tudo tãão nostálgico. Confesso que prefiro os clássicos.

    ResponderExcluir
  17. Você manda muito bem. Faz analogias intreressantes, tem muita bagagem cultural e tudo.
    Sou cinéfilo e poeta também, a gente tem muita coisa em comum, cogelados nos anos oitenta, mais ou menos... hehe

    bj
    Pobre Esponja

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!