Hoje Acordei Maila Nurmi

Por entre os corredores da mente,
Um grito sai do âmago.
Há uma sede pungente e desesperada que exala no corpo.
O medo do desconhecido alia-se a vontade de aproximar-se.

Rosto pálido, figura lânguida, com uma sensualidade marcada e fatal.
Eis que nos badalares do sino, anunciando a noite macabra,
Visto-me de desejo, de ânsia... Sou poder.

Como zumbi que cruza o limiar do humano e do divino,
Não ligo para o Plano 9 ou a decadência do porvir,
Renasço,
Revivo,
Torno-me imortal.


Neste dia irriquieto transmutei-me em Vampira!






Atenção:
Esta poesia minha é uma homenagem a primeira Vampira das telinhas, a maravilhosa e sedutora Maila Nurmi. Esta foi apresentadora de um programa especializado em filmes de terror na década de 50; Sendo que após alguns infortúnios acabou sem trabalhos e se submetendo a fazer uma única peícula de um diretor que não só o mundo desacreditava, como ela também: Ed Wood. Se o visual dela parecer similar com o de Elvira, não se espante! Elvira foi sim inspirada em Vampira. Para saber mais sobre a mesma, leia Maila Nurmi e a Vingança dos Rejeitados no excelente blog La Dolce Vita.

This entry was posted on 17 de out de 2010 and is filed under , , , , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

15 Responses to “ Hoje Acordei Maila Nurmi ”

  1. "medo do desconhecido alia-se a vontade de aproximar-se."

    Normalmente é isso ai mesmo. Se bem q tem gente q tem tanto medo de tudo, q deixa de ser feliz por isso.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. "gosto é feito..." brink's desse eu gostei, se vc deixar de fazer as coisas por n conhecer se mate é melhor!

    ResponderExcluir
  3. Perfeito como sempre digo q seu blo é...:D medo do desconhecido alia-se a vontade de aproximar-se." é uma frase q as vezes eu uso +- com essa...:D...


    http://acadasegundoumnovoverso.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Penetrante,vibrante.
    Nos transporta para dentro do texto, e nos deixa com um ar de saudade e um pouco de quero mais no final. Brilhante.

    Grande Abraço.

    www.bloginoportuno.blogspot.com

    Bons Ventos!!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom , vc é boa nisso...
    parabéns

    ResponderExcluir
  6. Opa
    Legal teu blog, vou te seguir ai tambem...
    E visitarei mais seguido.

    Abraço

    Visita o meu se quiser...

    http://interatividadeoculta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Obg pelo comentário... Estou te seguindo, segue ai também...
    Mantendo contato sempre ... ;D

    ResponderExcluir
  8. Nossa! Perdi até o fôlego, muito bom!

    ResponderExcluir
  9. oi Karla,

    belo texto. eu não conhecia a atriz. mas a forma como fez a homenagem me deu vontade de conhece-la melhor. vou entrar no blog que indicou. abraços.

    fabiano

    ResponderExcluir
  10. Karla,
    Não me canso da beleza do que vc escreve...cada palavras parece sair diretamente da alma. Muito, muito bom!

    Abs :)

    ResponderExcluir
  11. belas palavras...gostei da poesia...muito bom...

    ResponderExcluir
  12. Lindo, lindo mesmo. Fiquei curiosa para ver o filme sobre a Maila Nurmi, não conhecia. Fica a dica pra mim. :)

    ResponderExcluir
  13. Sempre bom passar aqui pra ler seus posts :D
    Eu nem imaginava que na década de 50 já existiam essas histórias de vampiros, tipo novelinhas! Que legal (: Adorei ^^

    ResponderExcluir
  14. por que eu não tenho essa habilidade? por quê? DD':

    anyway, muito bom o texto. muito bom.

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!