"Filme de Mulherzinha": Um Lugar Chamado Notting Hill


Sou do tipo bem eclética quando o assunto é cinema; Por tal, aviso adorar um bom terror Trash (paradoxal, não?) tanto quanto uma açucarda e batida história de amor. Neste contexto, afirmo que todos temos uma certa cota de películas das quais experimentamos uma overdose das incontáveis vezes que revemos. Bem como, toda a mulher (ou pessoa com tendenciosas paixões platônicas, para ser mais justa), possui a sua lista de comédias românticas, das quais doses cavalares de um absurdo amoroso só servem para mais vezes serem revistas. Eu tenho as minhas, confesso.

Então, como hoje esbarrei com este filme na telinha, resolvi falar sobre um destes ditos "filme de mulherzinha" que adoro rever: Notting Hill (1999).

Sou a primeira a admitir que este filme não é exatamente um clássico, ou possui algum fator surpreendente nele; Todavia, c ada vez que revejo as imagens, o roteiro, a trilha sonora, emociono-me e fico naquela mistura de torcida, risos e lágrimas que compõe o reportório de uma boa comédia romântica. Adicione a isto um casal carismático (Julia Roberts e Hugh Grant), bem como o melhor do charme londrino como pano de fundo.
.
Nem preciso falar o enredo, porque é fácil de adivinhar: Garoto conhece garota, ela está fora de seu alcance. Por força do destino, os dois encontram uma forma de quase funcionar. Uma série de erros e a seperação é inevitável. Mas (E como nestes filmes existem um mas) ... Quem disse que o amor não irá trinufar?

Uma cena em particular me cativa, a do jardim. No instante em que os protagonistas invadem uma propriedade privada e encontram este banco:
.
.
..
.
Anna Scott (a personagem de Julia Roberts) diz: "For June who loved this garden from Joseph who always sat beside her." Some people do spend their whole lives together.  Acho impossível ficar indiferente a uma manifestação do gênero de amor; Como Anna Scott, quando vejo este banco desejo presenciar algo assim, um carinho que dure uma vida.

Outro momento que simplesmente idolatro é a cena em que Anna e William comentam sobre um quadro - melhor dizendo a imagem de um quadro - de Chagall (La Mariée):


Anna Scott: I can't believe you have that picture on your wall.
William: You like Chagall?
Anna Scott: I do. It feels like how being in love should be. Floating through a dark blue sky.
William: With a goat playing the violin.
Anna Scott: Yes - happiness isn't happiness without a violin-playing goat.

O filme é repleto de momentos de pura magia e sacadas deliciosas (como a do diálogo acima), sem falar da trilha sonora que está um destaque a parte, contando com Elvis Costello entoando She, além de All Green, Ronan Keating, Shania Twain, Bob Marley e Bill Withers com a sensacional Ain't no Sunshine - a qual está numa das cenas mais belas do filme; Confira Abaixo:


video


Então, se você está no clima de curtir uma boa comédia romântica, seja com seu amado(a) ao lado, seja sozinho(a), seja curtindo uma fossa... Que tal não levar seu pensamento e encantamento para



This entry was posted on 28 de set de 2010 and is filed under , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

38 Responses to “ "Filme de Mulherzinha": Um Lugar Chamado Notting Hill ”

  1. Nunca assisti esse filme, mas pelo que vi é daqueles que assistimos nos colocamos diversas vezes no lugar dos personagens, até porque em matéria de romance, somos todos iguais.

    ResponderExcluir
  2. O filme é ótimo, adorei o post *-*

    ResponderExcluir
  3. Ai me deu vontade de assistir! Pelo resuminho já vii que deve ser otimoo , tbm gosto dessa atriz, acho ela super expressiva e tal . Otimo blog, cheio das dicas legais , sucesso ;*

    ResponderExcluir
  4. Cara nunca assisti nothing hill, e sempre me dizem, veja, assita e tals. Muito bom seu blog;

    http://violet-cat.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ola Karla
    Muito obrigado pelo doce comentario
    Escreve muito bem
    O filme é muito bom!

    ResponderExcluir
  6. Ahhh, eu adoro esse filme!! haha
    E não sou mulherzinha hahahahaah

    belíssimo filme..e a cena do jardim eh fudidassa!!!!!!

    Visite: http://paralelocruzado.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. "ou pessoa com tendenciosas paixões platônicas, para ser mais justa), possui a sua lista de comédias românticas, das quais doses cavalares de um absurdo amoroso só servem para mais vezes serem revistas."

    Falou comigo... rsrsrs
    Eu odeio filme de terror... sou medrosa, confesso... Pra mim são esses mais delicados mesmo =) rsrsr

    ResponderExcluir
  8. Já ouvi falar, mas confesso que comédias românticas me entediam um pouco.. teve um que eu vi, que o nome é parecido com esse.. algo como "Não existe lugar como Elizabethtown" é bom, é interessante e é divertido :D

    ResponderExcluir
  9. *--* Eu gosto desse filme, adoro os filmes da Julia Roberts.

    ResponderExcluir
  10. Gosto da música do filme... Acho que o nome é She, do Elvis Costello, correto?

    ResponderExcluir
  11. Nossa, nunca vi. Se é que é possível acreditar! :(
    Bacana seu blof, to te seguindo!

    =*

    ResponderExcluir
  12. ñ curto muito filme de comédia romântica, mas esse parece ser bom, principalmente com protagonistas como esses.

    ResponderExcluir
  13. esse é o clássico de mulherzinha rs

    www.despauterio.com

    ResponderExcluir
  14. Gosto muito desse filme Karla a trilha sonora é muito boa e a atuação da Julia Roberts gostei tabm, aguarda Comer rezar amar, espero que seja tão bom quanto, embora o enfoque seja diferente.

    beijos

    passe no meu se der: http://katihobbit.wordpress.com/2010/09/29/morre-amiga-colaboradora-e-editora-de-quentin-tarantino/#comments

    ResponderExcluir
  15. acho q já vi esse filme e gostei muito... sem essa de filme de mulherzinha sua preconceituosa kkkkkk filme muito bom :)

    http://mikaelmoraes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Não assisti esse filme, lendo seu texto deu vontade de assistir, é o tipo de filme que gosto de ver para relaxar.

    ResponderExcluir
  17. Gostei de ter assistido com meu namorado, os homens ficam mais carinhosos ao ver homens assim como o personagem Willian.

    ResponderExcluir
  18. Não é filme de mulherzinha.Comédias românticas tendem á ter um público bem eclético.Esse filme é bacana,mas acredito que há comédias românticas mais envolventes.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Assim como você, também sou eclético quando relaciono-me a filmes. Creio que cada gênero tem seu momento certo, encaixa-se na situação oportuna.
    Enfim, você escreve muito bem e verei esse filme.

    ResponderExcluir
  20. Ainda não assisti o filme, mas estou morrendo de vontade... rsrsr
    Você escreve muito bem.
    PArabéns pelo Blog!!!!
    Bjim

    ResponderExcluir
  21. Karla, minha querida!
    Eu também assisti ontem esse filme e tenho as mesmas sensações que você. Me emociono com a cena do banco e no final quando toca She e eles aparecem os dois no banco (ela grávida). Acho de uma suavidade... Mesmo tendo assistido (trocentas vezes, como diz meu marido) ainda consigo me encantar com o filme.
    Grande beijo! Foi uma leitura deliciosa! Parabéns!
    Jackie

    ResponderExcluir
  22. nao vi o filme mas voce o descrevemuito bem parabens

    ResponderExcluir
  23. e lembro que quando estive em notting hill me senti dentro do filme xD

    ResponderExcluir
  24. Lindo demais, já vi milhares de vezes e não canso de assistir...adoro romance nesse estilo, como também ps eu te amo, um amor pra recordar... xD

    ResponderExcluir
  25. Ahahah, interessante mesmo sua posição em relação a esse filme. Já assisti, e sinceramente achei muito fraco. Mas muito fraco mesmo. Vale pela belíssima presença de Julia Roberts.

    ResponderExcluir
  26. Acho esse filme muito bobo. Chegou a me dar sono.

    ResponderExcluir
  27. Ótimo filme, muito interessante do começo ao fim. E olha que eu estou bem longe de ser ou querer ser mulherzinha...

    ResponderExcluir
  28. minha namorada adora esse tipo de filme, assisto a quase todos do genero com ela :B

    mas meu estilo pessoal sao filmes baseados em fatos reais(muito pouco importa o genero)

    ResponderExcluir
  29. Eu já vi e revi e revi....
    Muito bom mesmo...
    Bjãao.

    ResponderExcluir
  30. Também gosto dele.. A fotografia do filme é linda.. a cena em que as estações passam é ótima..

    ResponderExcluir
  31. é um clássico para assistir a dois, numa noite aconchegante. recomendadíssimo!

    ResponderExcluir
  32. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  33. Ainda não assisti esse filme mas estou em busca de. Particularmente gosto dos taxados filmes de mulherzinha, e sou homem, hetero. Quem é apaixonado por cinema não tem preconceitos com esse ou aquele tipo de obra, tem suas preferências claro, mas respeita tudo e gosta de muita coisa.

    http://all-aboutnothing.blogspot.com/

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!