Assunto Sério: Violência contra a Mulher

Em pleno século XXI, perante uma revolução tecnológica crescente; Em tempos de Lei Maria da Penha, de busca por um maior respeito aos Direitos Humanos; Sempre urge a revolta quando me deparo com notícias como esta:  


Como eu moro na região oeste de Santa Catarina, não pude deixar de imaginar: "Meu Deus, foi logo ali que isto aconteceu!" Todavia, logo me corrigi e lembrei dos tempos em que trabalhava na Delegacia da minha cidade: "Meu Deus, como pode haver tantos casos de violência contra a mulher assim! E acontecendo a todo instante, logo ali, logo aqui!". Não dá para ficar indiferente perante uma situação tão grave.

Há quem diga que o grau de violência registrada na situação acima é algo esporádico. A verdade é que qualquer violência deveria ser coibida, até porque estas agressões tendem a ser progressivas - piorando a cada novo ataque. Certa vez, ainda nos meus tempos de estagiária na Delegacia de Comarca, atendi esta senhora. Ela me contou que há anos seu marido fazia confusão, incomodava, mas nunca havia passado de alguns "tapinhas". Naquele dia, após uma briga tola e alguns goles, ele pegou um facão e acertou a cabeça dela. Foi por puro milagre que apenas tenha ocasionado um corte profundo.

Seja por medo, seja por desestruturação emocional, seja pela tão falada impunidade, muitas vezes estas vítimas não denunciam. Nosso silêncio e descaso também são culpados. Precisamos estar cientes, atentos e prontos para auxiliar, só assim poderá haver uma redução de casos tão atrozes como o que deu origem a presente postagem.

A Agência Patrícia Galvão é um portal com diversas informações sobre a temática, inclusive uma lista de ONGs do Brasil inteiro que trabalham no combate a Violência Contra a Mulher, vale a pena confeir e denunciar.

O mais triste desta situação é que não se trata de um assunto novo, pelo contrário, parece irreigado na sociedade e no tempo. Isto não pode mais ficar assim!

Como reflexão final, deixo o vídeo da canção "Woman is the Nigger Of The World" composta por John Lennon e Yoko Ono, nesta versão cantada por Cássia Eller: 


















"(...) Woman is the nigger of the world
Think about it...do something about it
We make her paint her face and dance (...)" - Tradução AQUI.


This entry was posted on 11 de ago de 2010 and is filed under , , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

46 Responses to “ Assunto Sério: Violência contra a Mulher ”

  1. Nossa, eu também fico indignada com a quantidade de casos de abusos contra a mulher. E fico enraivecida quando estas não fazem nada e até dizem perdoar seus agressores porque elas os amam. Isso não é amor! Não chega nem perto. Onde moro não há condições de sair na rua sem correr o risco de ser estuprada, é realmente revoltante.



    ps: Eu também já gravei minha voz pra ver como era cantando e foi minha maior decepção. E tenho certeza de que você irá conseguir escrever seu livro ;D
    Beijos.

    http://viciose.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu não aceito isso, como "humanos" podem ser cruéis.
    o trauma depois de uma agressão pode ser irreversivel e aí como vai ser, e a sociedade acha isso tão banal e comum que acha que sentir dó é nosso único dever, será?

    ResponderExcluir
  3. Isso é uma falta de respeito a mulher

    http://detetivelunatico.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Minha caríssima Karla, sabe que eu li somente ontem uns 4 ou 5 textos em diferentes blogs falando sobre a violência contra a mulher. Isso está me fazendo refletir um pouco agora...Este tipo de violência está tomando proporções muito grandes, como uma coisa que poderia (na minha opinião), ser resolvida com a educação. Eu acho que se uma mãe trata os filhos com amor e carinho e desde pequenos ela mantém uma conversa sobre a criminalidade em geral, a criança vai entender o que tende a ser um cidadão respeitoso depois, não só com as mulheres, mas com todas as pessoas em geral.

    Abraços, m!sunderstood

    reflexo-da-alma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Deviam fazer o mesmo com esse vagabundo!
    Estou vendo últimamente muitas matérias sobre isso. O pior é se eles tem filhos, uma menina vendo vai achar que todos os homens são violentos, e um menino vai achar que pode fazer igual.
    Acho incrível que ainda tem muitas mulheres que apanham e não entram em contato com a policia.

    ResponderExcluir
  6. Mulheres... O que seria de mim sem elas? Será possível tanta gente naser sem mãe pra não entender a importância que vocês tem?

    Sinceramente... Não há o que dizer.

    Parabéns

    ResponderExcluir
  7. Eu sou totalmente contra a violência a mulher

    mais aconselho a elas não se atrever em bater no homen, pois aguns reagem

    visite: BLOG ADOLESCENTE ANTENADO
    COMENTE EM QUALQUER POST
    http://adolescente-antenado.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. A violência contra a mulher só vai parar, ou pelo menos diminuir drasticamente, quando o Governo começar a instruir a população. Pode parecer bobagem, mas muitos maridos espancam suas esposas pq viram seus pais fazendo isso com suas mães, logo assossiaram essa brutalidade como algo natural.

    Só a coerção não vai funcionar, é preciso uma política de educação e uma maior aproximação entre a polícia e os cidadãos para que as denúncias sejam feitas com frequência.

    ResponderExcluir
  9. Eaí guria, tudo bem? :D

    Olha a Lei Maria da Penha, existe.. tá no papel e só :P nao serve pra quase nada mais, o que é uma pena, é horrível e é triste.

    Interessante é saber que ainda existem pessoas capazes de lutar por isso, como essas ONGs, isso é um trabalho ótimo.

    E a música da Cássia Eller fechou com tudo.
    Parabéns,.

    ResponderExcluir
  10. Acho um absurdo a violencia com a mulher, não só física, mas tuuuuuuuudo mesmo, coisas que a gente nem nota, mas tá sempre no dia a dia. Sociedade maldita, aiai.

    ResponderExcluir
  11. eh uma absurdo q isso ainda aconteça nos dias d hj

    ResponderExcluir
  12. Cara, legal o post.
    Sou totalmente contra isso, é uma covardia que não dá para se mensurar.

    ResponderExcluir
  13. De fato.
    Essa realidade que ainda insiste se abater sobre as mulheres é coisa inadimisivel.

    ResponderExcluir
  14. É um verdadeiro absurdo, a lei em defesa da mulher existe ... mas como muita coisa no nosso país ela é só mais uma lei, porque punição que é bom não há.

    ResponderExcluir
  15. É um absurdo violência nas mulheres... Um assunto para um belo debate ! Seu blog é muito bom !

    Depois, quando puder, visite o meu blog e se gostar, siga-nos ! Te espero lá !
    www.gabrieltododia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Excelente seu post.
    É incrível, mas isso acontece em toda parte à cada minuto e não tem como parar. Não acho q se trata de educação, acho q é mais uma coisa de falta de caráter ou personalidade. As coitadas ficam com medo de denunciar pq depois é mais difícil voltar prá casa e viver sob ameaças, é uma situação muito complicada e não acontece só nas classes baixas, isso é trivial em qualquer meio social. Prá quem tá de fora é fácil de resolver, mas prá quem está na situação é uma coisa complicada. Parabéns.

    ResponderExcluir
  17. É ridículo ouvir sobre violência de maridos para contra suas mulheres, quem jurou amar diante do altar, proferir murros, e outras formas de violência contra as mulheres, realmente da nojo de quem pratica tal ato.

    ResponderExcluir
  18. Perfeito, eu fico indignada com essas coisas nãoo consigo nem imaginar!
    Belo texto, parabéns...
    Passa lá dps e dxa sua opinião tbm? VlW!
    http://silveriofandl.blogspot.com/2010/08/um-sonho-possivel.html

    ResponderExcluir
  19. Violência já é algo inadmissível e contra mulher ainda é pior!

    ResponderExcluir
  20. Fico indignado com casos como esses. Sinceramente, eu não consigo entender. Só pode ser algum disturbio psicológico. É revoltante.
    Todos os casos deviam ser denunciados. E com certeza, com punição grave ao agressor.
    ISSO NÂO DEVE ACONTECER MAIS!!!!

    Abraço
    perplife.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. A Violencia por si so ja é um absurdo!!

    Incrivel como cresce o numero de mulheres agredidas e mortas no Pais!

    Falta de Deus e presença do Diabo no coração nao é possivel...isso nao é normal

    A justiça e a policia precisam adotar metodos mais eficazes para combater esse mal

    http://italoopensador.blogspot.com/

    xD

    ResponderExcluir
  22. Homem que bate em mulher não é homem!! Mulher é um ser delicado que merece muito carinho e nem na hora de desavensas merece ser destratada!!
    http://naosentindo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. não se bate em mulher, nem em homem, nem em ninguém, nem em animais!
    Violência não resolve nada!
    Belo post e belo blog, parabens!

    http://amansim.blogspot.com/
    visita lá!

    ResponderExcluir
  24. boa colocação... parabéns

    http://mikaelmoraes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. é um absurdo, mas só quando a justiça começar a ser mais rigorosa que irá dminiuir esse tipo de crime.

    ResponderExcluir
  26. É que no Brasil funciona assim:
    Existe a Lei Maria da Penha. A mulher é agredida pelo marido, namorado ou o raio que o parta e vai denunciar o abuso. As autoridades fingem interesse e prometem resolver o problema. Esse não é resolvido, porque existem "coisas mais importantes" para se fazer. O companheiro descobre que foi denunciado e acaba por se vingar da mulher.

    Infelizmente, é assim. Como li em outro comentário: a lei está só no papel.

    Tenho nojo de pessoas assim. Muita repulsa mesmo.

    Você escreveu um excelente texto, vou voltar aqui mais vezes. :)

    ResponderExcluir
  27. Infelizmente tem gente que acredita que tudo se resolve com força física. Tem gente que não aceita negativa alguma e tem gente que se curva com medo de perder algo que não possui.

    Infelizmente tem gente que acha normal bater e machucar e ainda diz que homem pode e mulher não. Já passou da hora de homens e mulheres serem socialmente vistos apenas como seres humanos.

    ResponderExcluir
  28. Realmente é inadimissível que nossas mulheres estejam sendo agredidas como acontece nos dias de hoje. Mas infelizmente, esse não é um dado singular. No mundo, a violência, a indecência, e a falta de escrúpulo são palavras de ordem, principalmente na net, terra de ngm! Só Deus mesmo para ter piedade de nós!

    ResponderExcluir
  29. Minha querida amiga Karla, é uma pena que casos assim ainda aconteçam, um absurdo... Leis já temos, o que falta é executá-las. Parabéns pelo postagem, vale para reflexão e alerta de todos. Abraços e muita paz!!!

    ResponderExcluir
  30. Quando achamos que já nos deparamos com as piores personalidades sempre tem mais um pra superar as expectativas, acho isso o cúmulo, matar, machucar, torturar, cada coisa que o ser humano é capaz de fazer, me indigna mais ainda este, homens que machucam sua própria companheira, aonde chega o sentimento? O que se passa na cabeça de uma pessoa dessas? Nossa, não gosto nem de imaginar.
    Ótimo texto.

    ResponderExcluir
  31. Realmente um absurdo!
    é inadmissível que, em pleno século XXI ainda existam homens que batam em mulher.

    ResponderExcluir
  32. Isso realmente deve ser abominado

    http://gustaandrade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  33. É dificil acreditar que em pleno seculo XXI esse tipo de ato ainda acontece. Mas é uma verdade que muitas mulheres ainda não fazer uso da lei para poder se proteger!!! As mulheres devem perder o medo e denunciar seus agressores!!!

    ResponderExcluir
  34. sempre que venho aqui me surpreendo!
    parabens pelo capricho e pelo talento
    beijo

    ResponderExcluir
  35. sim é lamentável como algo no século qe vivemos ainda tenha tanta freqencia.
    além de ser crime é um ato desumano, maltratar seja um homem ou uma mulher é algo repugnante.
    já temos leis para defender as mulheres mas ainda sim não é suficiente, precisa-se de mais rigor , de mais punição e de maior conscientização por parte das mulheres.
    :)

    ResponderExcluir
  36. Realmente é triste e revoltante ver casos assim. Não é isentando a culpa do agressor, mas a vítimas, na maioria das vezes, tbm tem parte da culpa, pois não o denuncia, não faz nada com relação a isso, não tenta mudar. Claro que algumas ou amam seus parceiros, mesmo sendo vítimas de agressões e outras se sentem ameaçadas, mas tem de se fazer prevalecer a lei que está ali para protegê-la.

    O que temos que fazer é conscientizar as pessoas de como isto é errado e cruel. Mas, infelizmente, a maioria de homens que fazem isso ou tiveram uma infância sofrida, onde lhe faltou amor e lhe sobrou violência ou foi mimado ao extremo a ponto de que senao tiver algo que deseja, partirá para a agressão física.

    Pessoas assim precisam de tratamento antes de tudo.

    Acessa? http://www.leontextos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  37. Uma situação muito dificil de explicar, ja conhecio mulheres que apanhar de homens e mesmo assim os amavam...é aquela tal coisa, um tapa não doi tanto quanto palavras...vai entender

    ResponderExcluir
  38. Isso é algo inadimissível!
    Alô autoridades! Vamos fazer a lei ser cumprida! Bateu em mulher? Cadeia nele!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  39. Pois é a coisa ta feia, mais oque nós podemos fazer? que esteja a meu alcançe nada, uma coiza que eu tenho certeza que aacabaria com a violencia seria:
    uma lei que se alguém fizer qualquer tipo de tortura com alguem, seja ela fisica ou não
    ser morto!
    ai pronto, quero ver isso acontecer!
    bom eu sei que essa lei nunca existirá então unica coisa que temos a fazer é protestar, quem sabe ajude? quem não arrisca não petisca

    ResponderExcluir
  40. É realmente um absurdo o número de casos de agressão à mulheres que aparece dia-a-dia e ainda aqueles que nem mesmo chegaram à delegacia! Infelizmente a mulher levou muitos anos para ter seu papel na sociedade respeitado e agora só nos resta lutar para que não demore também a sua segurança definitiva culturalmente e judicialmente.

    ResponderExcluir
  41. Infelizmente, em pleno século 21, a violência contra a mulher acontece e continuará acontecendo :/

    http://analisefc.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  42. Há coisas que nem o avanço tecnológico consegue mudar! (a ignorância de alguns homens)

    A punição deveria ser dura, não apenas cestas básicas, quando isso mudar, talvez o índice de mulheres agredidas diminua.


    One kiss ;*

    http://diversityofstories.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  43. Eu sofri violencia, quando finalmente denunciei, eu encontrei o inferno. Porque ele tem dinheiro pra ter bons advogados e estes tem "amizades" e nossa justiça é altamente corrupta. Sofremos, eu e minha filha. O que eu tenho para contar, preencheria folhas até se tornar um livro. Hoje sofremos violencia psicologica, alienação parental. Eu nao posso mais escrever no meu blog nada ref a violencia porque ele me segue, vigia, persegue.

    É muito triste, mas é este o motivo que muitas mulheres não denunciam: o depois. A Lei existe, porem a Justiça... só para "famosos".

    Saudações.

    ResponderExcluir
  44. Realmente...Violência contra mulher tem ki ter um fim!!! visita meu blog http://maniaderafa.blogspot.com/

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!