Redescobrindo Rock Nacional

Via Tumblr




13 de julho é considerado o Dia do Rock. Em que pese atrasada, por óbvio que não esqueci de falar sobre o ritmo e fazer minha singela homenagem a este gênero que tanto amo. A primeira imagem que surge quando se pensa no estilo, no movimento, remete a nomes como Chucky Berry, Elvis Presley, The Beatles, David Bowie e por aí vai. Apesar de se conhecer esta linha musical aqui dentro do cenário brasileiro, pouco acaba sendo assimilado e aproveitado. Desta maneira, como não havia feito nenhum Redescobrindo brazuca, achei o momento oportuno. 



Similarmente ao que ocorreu em quase todo o mundo, o rock nacional também se iniciou nos anos 50; Contudo, a explosão ocorreu em etapas e de forma a misturar-se primeiro nos círculos musicais - rendendo a primeira gravação do gênero a Nora Ney -, vindo a tornar-se popular e expoente entre a juventude da época com o advento do filme Ao Balanço das Horas e sua trilha sonora. Também marco histórico do nascimento do rock nacional é o 78rpm com as músicas Forgive Me/Handsome Boy, gravado em 1958 pelos irmãos Tony Campello e Celly Campello. Assim, abriu-se um leque novo fazendo com que a explosão definitiva ocorresse na década de 60, com o advento da Jovem Guarda. Aqui começa nossa trilha de redescobertas:

Anos 60

Jovem Guarda - O Movimento que era liderado pelo rei Roberto Carlos, o tremendão Erasmo Carlos e a ternurinha Wanderléa, tinha outros destaques como Renato e seus Blue Caps, Golden Boys, Jerry Adriani e Eduardo Araújo. As músicas variavam de composições suas a popular versão brasileira de sucessos de bandas da época. Primeiro vídeo desta redescoberta tinha que ser o Rei brasleiro: Roberto Carlos - Eu sou Terrível:


















  
Tropicália - Nomes como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Gal Costa e, evidentemente, Os Mutantes foram responsáveis pelo movimento; Sempre fazendo uso de formas criativas e, por que não dizer, debochadas em suas músicas. Foram os responsáveis pela inclusão da guitarra elétrica - por tal sofrendo represálias, a exemplo de Bob Dylan e sua famosa vaia no Festival de Newport. Agora sigo com o delicioso som de Os Mutantes - A Minha Menina:



















Anos 70

Rita Lee - Vocalista de Os Mutantes, iniciou sua carreira solo bem-sucedida nesta década. Considerada "A" roqueira brasileira, lançou em 1975 um de seus álbuns mais imponentes - que adoro - Fruto Probido. Deste seu trabalho deixo a clássica Ovelha Negra:



















Secos e Molhados - O mais interessante da música dos Secos e Molhados - rock progressivo e um tanto glam - é a mistura com a poesia nacional, como é o caso de a Rosa de Hiroshima (poema de Vinícius de Moraes). Destaco a Sangue Latino, minha prefrida deles, O Vira e O Patrão Nosso de Cada Dia, que segue:



















Raul Seixas - Visionário, por muitos. Maior roqueiro tupiniquim, por outros. Raul, que se considerava um ator interpretando um cantor, é quase unânime no gosto popular. Com suas composições criativas, inteligentes e psicodélicas é figura registrada quando o assunto é rock. Gita, uma de suas canções-mor, é a redescoberta:



















Anos 80

Renato Russo e Legião Urbana - Talvez seja pelo tom pessoal de suas composições, ou pela reflexão que impõe a canção, ou por ter sido a voz de uma geração; Não importa. A Banda brasiliense ainda é uma das que mais vende álbuns, mesmo com o seu fim em 1996 (falecimento de Renato Russo). Entre seus sucesso temos Faroeste Caboclo, Eduardo e Mônica, Será, entre outras tantas. Deixo aqui a bela Tempo Perdido:




















Cazuza e Barão Vermelho - Cazuza foi o Poeta da indignação e da liberdade, o poeta que não se calava, expunha-se. Isto transbordou em suas composições - atemporais -, até hoje cantadas com a mesma força e significância da época. Iniciou a sua carreira no Barão Vermelho, posteriormente saindo. A banda seguiu sob a condução de Frejat e continuou seu sucesso. Hoje fica para se ouvir Bete Balanço:




















Sepultura - Formada pelos irmão Cavalera em meados dos anos 80, a banda mineira logo tornou-se referência internacional no estilo Metal. Apesar das diversas alterações de integrantes, remanesce a qualidade. Escolhi para o redescobrimento uma das minhas músicas preferidas deles, com um clipe cheio de elementos brasileiríssimos, Roots Bloody Roots:



















Outros Destaques -  Os anos 80 foi um período incrivelmente fértil para o estilo musical em questão, redendo ótimas bandas Brasil a fora, algumas com grande renome até hoje e que, provavelmente, jamais saíram do cenário da música brasileira e que merecem ser citadas aqui: Titãs, Paralamas do Sucesso, Blitz, Biquini Cavadão, Lobão e os Ronaldos, Camisa de Vênus, Ultraje a Rigor, Ira!, Engenheiros do Havaí, RPM, Nenhum de Nós, Kid Vinil; Heróis da Resistência, Capital Inicial, Plebe Rude, Angra, Ritchie, Rádio Táxi, Roupa Nova, Lulu Santos, Leo Jaíme, Kiko Zambianchi, Os Inocentes, Cólera, Ratos de Porão e Cascavalletes.

Anos 90

Os anos 90 foram marcados pela mistura de gêneros com o rock. Assim, havia um mix entre reagge e rock (O Rappa), rock e elementos nordestinos (Mangue Beat), hardocore e forró (raimundos), sátira e rock (mamonas assassinas), além do skate punk (Charlie Brown). Dentro desta misturas uma das que mais gosto é do Chico Science e Nação Zumbi. Fica aí para curtir o fantástico Maracatu Atômico:



















Alguns Destaques - Skank, Pato Fu, Jota quest, Chico Science e Nação Zumbi, Mundo Livre S/A, O Rappa, Cássia Eller, Charlie Brown Jr., Raimundos e Mamonas Assassinas 

Anos 2000 em Diante

De 2000 em diante basicamente permaneceram as experimentações com as misturas de gêneros. Um marco foi a chegada do estilo emocore ao Brasil neste período. Ademais, vale destacar o bom número de bandas metal nacional que cresceram no cenário mundial neste período. Quem dizia que da Bahia só vinha axé, deparou-se com a cantora Pitty. E, por tal, a redescoberta será de um de seus primeiros trabalhos Máscara:



















Alguns Destaques - Pitty, Detonautas Roque Club, CPM 22, Shaman, Hangar, Mindflow, Hibria, Torture Squad, Shadowside, Nx Zero e Fresno


Track Bonus: Só para demonstrar que o Rock Nacional ainda tem muito o que crescer, apresento uma banda aqui da minha terra que está fazendo um ótimo trabalho dentro do gênero: Marujo Cogumelo. Além das boas referências musicais, possuem um verdadeiro comprometimento com o estilo que reflete no som deles. Não deixem de conferir o clipe abaixo Boa Viagem:



















E Boa Redescoberta!




This entry was posted on 17/07/2010 and is filed under ,,,,,,,,,,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

47 Responses to “Redescobrindo Rock Nacional”

  1. tentaram, tentaram e conseguiram destruir o rock nacional.. NxZero, Restart, Cine, enfim, todo esse bando !!!

    ResponderExcluir
  2. realmente, cada dia que passa destroem mais o rock brasileiro é uma tristeza u_u tsc tsc.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito das músicas, bem legais, fiou muito bom o post!!

    ResponderExcluir
  4. A qualidade do seu blo é indiscutível!
    Perfeita a cronologia dos fatos e recortes audiovisuais que fez para falar do ROCK NACIONAL!

    Parabéns!
    Eu, simplesmente, fiquei maravilhado com o denso conteúdo postado.

    Já virei fã do "Nascida Em Versos".

    Forte abraço,
    seuanonimo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo seu post, demorou mais cheguei ao fim e ta tão bom que até eu q não gosto de rock gostei do texto. e mt obrigado tbém pela visita ao meu blog e assim q possivel veja TOY STORY 3 pois tenho certeza q vc vai gostar e se nào gostar é só dizer que lhe devolvo o dinheiro hehehe...

    ResponderExcluir
  6. Muito oportuna. Bem jornalístico. Gostei.
    Com certeza, o que Secos e Molhados inseriu na música de hoje, não é nada irrelevante.
    Estou te seguindo.

    Depois confira o meu.
    www.marcoscarneiropalavras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. o da pitty eh legal
    o rock nacional ta msm meio em baixa

    ResponderExcluir
  8. Anos 80 foram o ápice do rock no brasil. Hoje em dia, a unica banda realmente BOA é Charlie Brown.

    ResponderExcluir
  9. Pra mim o rock brasileiro acabou na Pitty! Abraço

    http://refemdarotina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. O que mais gosto é do rock anos 80 (apesar de não ser da epoca)
    hoje em dia o Rock nacional é diferente dos que já se ouvia antigamente meio que sinto saudade de algo que não vivi mais que esculto até hoje

    ResponderExcluir
  11. É...realmente o rock brasileiro ja era!! :S
    Infelismente!!
    Parabéns...
    Entre no meu blog tb..comente e me siga tb!!
    http://www.flapinheiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Anos 2000 passa com alguns bons, mas e anos 2010 hein? Quem vamos colocar? Restart, Cine, Replace e tantas outras que você vê constantemente na programação da MTV...? Pra mim isso não é nem música, que dirá rock.

    http://anpulheta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. rock decaiu d+
    agora so tem essas modias d emos e bandas coloridas

    ResponderExcluir
  14. Anos 90 era legal.
    Sinceramente, já gostei de Pitty. Respeito quem ainda gosta, mas pra mim, eu meio que "Acordei" pra cena do rock brasileiro. E hoje a situação nesse assunto é precária.
    Tem gente que diz que Restart e Cine é rock.
    A gente precisa rever o conceito de ROCK. rs.

    ResponderExcluir
  15. Raulzito, legião urbana, Cazuza, são os melhores. Graças a Deus esses sõ brasileiros, mas de onde seriam rs.
    beijos

    ResponderExcluir
  16. Mto bom este post, e o seu blog tbm. Parabnes viu'h? Nossa Legião Urbana, Cazuza, Rau Seixas.. maravilhosos astras brasileiros. Mais ainda acho que ainda temos grandes bandas de Rock Nacional, algumas ainda desconhecidas como por exemplo a Torones que conheci através da internet e é uma banda com um som muito bom e letras maravilhosas.

    ResponderExcluir
  17. O verdadeiro rock merece prestigio
    os imitadores, com bandinhas que agradam apenas pre adolescentes nao.

    Boas musicas postadas, sao classicos :)
    beijos

    ResponderExcluir
  18. Kamile

    Obrigada pelo comentário!

    Concordo com vc... Tem muita gente boa do Rock desconhecida por aí... Como a banda qque vc citou e a última que coloquei no post...

    As melhores bandas de rock nacional agora não são as que estão estouradas na rádio não...

    ;D

    ResponderExcluir
  19. um bom rock é legal!
    Mais ta em falta de banda de rock nacional...
    passa-lá http://wwwalessandroluis.blogspot.com
    me siga tbm

    ResponderExcluir
  20. aah que saudade da epoca em que realmente havia o boom e velho rock n' roll. agoora meu deus coitado do rock se ele depender de Cine, Restart, NXzero, mimi mimi

    ResponderExcluir
  21. A melhor fase do rock brasileiro reuniu "Legião & Cazuza", posso não ter vivido, mas sei valorizar a obra que eles deixaram, esse legado que ngm jamais ocupou novamente.Afinal de contas hoje, o rock agoniza, pelo menos pra mim.

    ResponderExcluir
  22. mto, mto , mto ( infinitos mto )bom o post sobre o rock!!
    bjos

    ResponderExcluir
  23. realmente voltando um pouquinho ao passado e vendo tantos e grandes nomes como os citados aqui e tantos outros que não foram citados e que fazem parte do rock nacional, fico chateado como estão tratando o rock nos ultimos tempos.

    ResponderExcluir
  24. Sou apaixonado pela música brasileira como um todo!

    É interessantissimo ver a evolução e as tendências dentro do rock feito por aki!

    ResponderExcluir
  25. muuito bom seu blog, parabéns!
    cara, Mutantes era muuito bom :/
    Legião Urbana, secos e molhados, sepultura, Pitty muuito bom !
    beijos

    ResponderExcluir
  26. Parabéns pelo conteúdo!

    Além de criativo, estão riquíssimos!
    Destaque especial neste post para Legião Urbana.
    Acho que eles merecem um post só deles. ;P

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  27. Ótima redescoberta. O rock nacional tá muito bem servido: Roberto, Mutantes, Secos, Engenheiros,...

    Só acho que faltaram duas bandas: Novos Baianos e Los Hermanos.

    ResponderExcluir
  28. Olá, Karla!
    Muito, mas muito bom mesmo o post! Foste muito feliz em sua abordagem, dese os '60 até os dias atuais!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  29. Olá, Karla!
    Espero não estar "enchendo seu saco", mas adorei seu blog e estou colocando um link dele no meu, espero que não se importe!
    Ah, também fizemos alguns posts sobre o Dia do Rock (Meus cinco novos Discos de Rock, Meus Cinco Filmes de Rock, ....), não tão bons quanto o seu, mas se quiser dar uma olhada...
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  30. Amei o post, falou bem claramente de todas as épocas, sinceramente a partir de 2000 o rock ficou deprimente literalmente, rs.
    Antes tinha uma raiz mais revolucionária, hoje tá todo mundo EMOtivo, tenso...

    x)

    ResponderExcluir
  31. Esse post me lembrou de um trabalho que fiz no Ensino Médio em que eu detalhei cada adjacência do Rock desde seu surgimento.

    Tenho até hoje as cartolinas aqui e foi o trabalho em grupo que mais me diverti e mais gostei de fazer. Uma pena a música hoje estar tão... colorida.

    Ótimo blog!

    ResponderExcluir
  32. muito bom...gostei muito...foi otimo...d lah d tras ateh hj...muito bom

    http://vauneiguimaraes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  33. Olá, Karla!

    Bem... O Cillian é ótimo! Um ator e tanto... Um dos meus favoritos atualmente. Ele sabe controlar cada expressão do corpo. O Matthew é uma ator doce e tem uma voz poderosa.

    O Rock... Meu favorito! Gosto desde de as Oldies até o Grunge dos anos 90... E parou por aí... Porque o que veio depois para mim é lixo. Salvo raras coisas boas como o Franz Ferdinand e entre poucos do circuito britânico (como o White Lies).
    Realmente, não há como não associar o rock com o Berry, Elvis, Lee Lewis... Eles foram os caras. Esse tempo das oldies para mim é ouro. Um dos meus favoritos é o Johnny Rivers.

    Saindo para os anos 70... Nasce a época de diamante: Pink Floyd, Dire Straits, Led, Scorpions, etc, etc...

    A banda da minha vida é o QUEEN! 4 Ever!

    Os anos 80 tinha aquela coisa chiclete... Porém tinha o WHITESNAKE para salvar. Que eu adoro!!!

    Em relação ao Brasil... É Barão Vermelho, Legião urbana e todo o movimento que esteve ali no Rock In Rio '85... Os anos 80 para o Brasil foi a época da geração inteligente... Das grandes revoluções.

    Hoje em dia... Estamos perdidos!

    T.S. Frank
    www.cafequenteesherlock.blogspot.com

    ResponderExcluir
  34. #CheckPoint @Sidney_Vilao: Visualmente lembrou Beetles e OASIS.
    Sonoramente lembra reelembra os sons das antigas, achei legal.

    Abaixo de Nxzero que vem cine e restart isso não é ROCK pelo amor de DEUS!!!!

    Vilão do Romance - Memórias

    http://vilaodeumromance.blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. e vamos que vamos again

    olha Karla amore eu amo o rock I love Rock rock para mim assim como a poesia, os dois se unem se laçam e se procura é pura libertação

    acho que Mutanes é o primeiro grande nome do rõck no verdadeiro sentido dele

    gente depois vem Rita, gente o que a rita vez ninguém mais faz, nem a Pitty que é maravilhosa e única mulher rock que nos rstou atualmente

    Nação Zumbi depois de Cazuza meu poeta do Rock e Raul que é a estrela maior, é porta é filósofo e é rocker ^^ é o melhor do rock que surgil. Considero a maior indentidade do rock Nacional

    aí eu amo tanto esses teus post ^^

    ResponderExcluir
  36. O Rock nacional nunca foi de se jogar fora!
    Temos os nossos GÊNIOS do tipo Cazuza, Legião urbana, Rita Lee e etc. Pessoas que mudaram e causaram em suas épocas e que até hoje encontram fãs por todo lugar.
    :D

    ResponderExcluir
  37. Parabéns, a postagem ficou 10, amei, tudo que se precisa saber sobre o rock, sobre o verdadeiro rock vale ressaltar, por que as bandinhas de hoje são apenas farsas, valeu por essas noticias tão importantes. ;)

    http://gorunaway.blogspot.com/
    http://gorunaway.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  38. o/
    Eu só curto rock nacional.. =D

    ResponderExcluir
  39. Fenomenal este post: sou muito fã de Rock (pena que na minha opinião) já era!!! Não gosto dessa nova leva (um monte de emo, achando que é rockeiro).
    Abraços.

    ResponderExcluir
  40. www.bandasdegaragem.com.br/intrusos


    tirando Recife do marasmo...

    ResponderExcluir
  41. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  42. caramba, adorei a postagem...
    apesar de faltar algumas bandas
    como los hermanos, cascadura (Bahia), vivendo do ócio (Bahia), angra...
    mas está bem informativo, gostei mesmo.
    Dá valor ao que é nosso sempre é bom rs

    Confere:
    http://deniererocha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  43. Ótimo post. Há várias bandas que podem ser lembradas também. Mas claro, a lista iria ficar imensa. Eu mesmo fiz parte de algumas delas.
    Rock brazuca tem que ser ovacionado sempre!
    Parabéns pelo Blog.

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!