Infinito Particular

Cada um de nós possui uma infinidades de detalhes na alma; Características que adoramos; Defeitos incorrigíveis; Manias secretas; Pensamentos impuros e pensamentos puros demais; Bom gostos, mau gostos e gostos impossíveis de serem revelados; Prazeres culposos; Sabores inesquecíveis; Marquinhas na pele; Cortes de cabelo; Histórias a serem compartilhadas; Imagens adoradas; Melhores amigos; Brigas; Erros e acertos; Lugares preferidos; Perguntas sem respostas, respostas sem questionamentos... 

.........


Dentro de cada um existe um universo infindável onde mora um pouco de filósofo, outro tanto de insano, mais um canto de criança, algumas pitadas de adulto. Residem o general e o hippie, o músico e o artista, o urbano e o interiorano, o clássico e o vanguardista, o homem e a mulher. Somos milhares sem deixarmos de sermos um.



E nesta miscelânea que hoje conclamo sermos, agradeço aos que não se refreiam. Há mais magia nos que não se limitam, não se definem. Como já disse Alice, perdida  no País das Maravilhas: “… A senhora me desculpe, mas no momento não tenho muita certeza. Quer dizer, eu sei quem eu era quando acordei hoje de manhã, mas já mudei uma porção de vezes desde que isso aconteceu. (…) Receio que não possa me explicar, Dona Lagarta, porque é justamente aí que está o problema. Posso explicar uma porção de coisas, mas não posso explicar a mim mesma ...”



Ao que ousar, sinta-se a vontade para me conhecer; "Só não se perca ao entrar no meu infinito particular" - cito Marisa Monte, Carlinhos Brown e Arnaldo Antunes.

As imagens são do arquivo do meu Tumblr: Les Petits Plaisiris d'Karla



 Thanks!!!

This entry was posted on 16 de jun de 2010 and is filed under , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

45 Responses to “ Infinito Particular ”

  1. Adorei o texto.
    Realmente o ser humano é uma mistura de vários "eus" e mesmo assim não deixa de ser um só. Por deixar cada "eu" dominar um tempo, nos tornamos imprevisíveis e uma eterna mutação.

    ResponderExcluir
  2. Muito legal o texto... Realmente somos todos formados de infinitos traços, a vida é um eterno achar-se e perder-se. Se perder é legal, achar é necessário; nem sempre o necessário é mais divertido, porém... xD
    É uma caracteristica classica tentar definir o "indefinível".

    Flaemmchen

    ResponderExcluir
  3. eis o melher e o pior de mim

    lol

    amo muito muito muito

    todos os nossos infinitos particulares

    o seu principalmente

    ^^

    abraços

    ResponderExcluir
  4. Ótimo texto! E acrescentando: Tentar nos desvendar completamente é o caminho mais rápido para a loucura. Pelo menos foi o que meu psiquiatra disse! ;)

    http://novaquahog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Muito legal o seu texto!
    Você escreve super bem e tem uma visão incrivel das coisas. Gostei muito daqui ;*

    ResponderExcluir
  6. resumindo: cada um é cada um.........são essas particularidades do ser humano q nos torna especiais xD

    ResponderExcluir
  7. Gostei do seu texto, e realmente temos cada uma dessas coisinhas que citou acima.

    ResponderExcluir
  8. Mudou o layout né!
    Ficou muito obm
    beijos

    ResponderExcluir
  9. A singularidade de cada um, determina a pluridade e a diversidade do todo...
    A busca pela igualdade é um plano inutil, que desagrega característica e identidade...
    Muito bom teu texto...
    Beijos!
    (lia)

    ResponderExcluir
  10. Karla,
    Se aprendermos a lidar com todos as nossas características tão diversas sem dúvida vivemos melhor com o universo. Concordo com um comentário acima que diz que somos unicos, mas ao mesmo tempo plurais internamente.
    Saber dosas sentimentos e características uma virtude do ser humano.
    Abraços.

    http://blog-do-faibis.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Gosteei bastante do seu texto,ele faz a gente refletir, gosto disso ;)

    http://fresiadarc.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. nossa que texto lindo...
    parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
  13. texto lindo
    tds tem q seguir seus sonhos xD

    ResponderExcluir
  14. gostei muito do texto
    principalmente quando cita Alice no pais das maravilhas "Posso explicar uma porção de coisas, mas não posso explicar a mim mesma "
    sucesso no blog

    ResponderExcluir
  15. Lindo o texto!
    "Posso explicar uma porção de coisas, mas não posso explicar a mim mesma "
    Com certeza a frase chave para mim.

    Somos tantas coisas que nos explicar se torna impossível.

    ResponderExcluir
  16. Viu, pensei q tava insano ou perdido ou devaneando ou mil e uma possibilidades...
    Instigante o post, agora, tô mais à vontade comigo.
    Valeu! !!
    Até.

    ResponderExcluir
  17. Adorei seu blog
    Texto muito legal
    Sucesso para seu blog
    adorei seu texto msm.
    Gostei dessa parte "me desculpe, mas no momento não tenho muita certeza. Quer dizer, eu sei quem eu era quando acordei hoje de manhã, mas já mudei uma porção de vezes desde que isso aconteceu. "

    bjus -_-

    ResponderExcluir
  18. Sim! cada um de nós é único e exclusivo. Nunca diga o que você é, mas sim como você se sente, pois todos nós mudamos constantemente!

    www.vanessafunnygirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. O Microcosmo individual é tão ou mais complexo que o Macrocosmo!!

    ResponderExcluir
  20. Muito interessante!! Gostei muito do Txt apresentado!! Boa Concepção!

    ResponderExcluir
  21. É isso ai!!!!

    E é exatamente por esses infinitos traços que nos formam que eu acho que não devemos nos arrepender dos nossos erros...Sem ele não seriamos nós, poderíamos até ser melhores, mas mesmo assim anda não seriamos nós.

    ResponderExcluir
  22. poxa, bem complexo e interno isso né? é algo que cada um vai identificar de uma maneira diferente. Belissimo texto.

    ResponderExcluir
  23. Imagine se todos fossem iguais?
    http://analisefc.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  24. Nossa gente. Como já disseram, mas vou repetir, que texto LINDO! *-*
    senti uma "certa" felicidade ao lê-lo.
    E são esses pedaços, cada detalhe, que forma a verdadeira essência de cada um. ^^
    adoro teu blog.
    sempre com belos textos;

    bjos flor.
    http://www.circunda-tederosas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Sempre visualizei e procurei compreender o meu próprio Infinito Particular, mas não costumava pensar que eu não sou a única que possui essa peculiaridade tão elegante. Todos possuem.
    Excelente post (como sempre) Karla. Sou sua fã e fã do seu blog!

    ResponderExcluir
  26. Se todos fossemos iguais, o mundo não teria graça! Tenho um post no meu blog que também puxa para este assunto. Belo texto e ótimo blog.

    http://writeherewhatlfeel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. Parabéns pelo Post, e Pelo seu Blog.

    Realmente,vcoe disse tudo, todos nos temos algo secreto...

    Adorei mesmo, Parabéns...
    Passa no meu !
    http://igtruelovephotos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  28. Realmente, todos somos compostos de varios fatores, ninguem é totalmente original, todo mundo tem seus ídolos!
    Parabéns pelo blog, muito maneiro!
    =D

    ResponderExcluir
  29. Agora consegui comentar shauhshauhsuhas

    --

    Infinito particular é o nome de uma música/cd que me vez ouvir só pelo fato do nome ser show *-*

    ResponderExcluir
  30. Muito bom o texto, todos nós temos um infinito particular! Adorei seu blog!

    ResponderExcluir
  31. ser igual sempre nem é bom!
    bom, é sempre ser o melhor , sempre de novo, sendo que diferente, entendeu?

    rs

    :)

    ResponderExcluir
  32. Texto interessantíssimo...
    O ser humano é uma caixa preta...
    Abçs
    CIA DOS BOTECOS - www.ciadosbotecos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  33. Parabéns por mais um excelente texto!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  34. Clarice Lispector foi muito clara sobre o assunto do seu texto: "Não me prendo a nada que me defina. Sou companhia, mas posso ser solidão. Tranquilidade e inconstância. Pedra e coração. Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono! Música alta e silêncio. Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser. Não me limito, não sou cruel comigo! Serei sempre apego pelo que vale a pena e desapego pelo que não quer valer…
    “Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato... Ou toca, ou não toca."

    Nós nos definimos a medida que acordamos, que comemos, que pensamos, que amamos, que odiamos. Nos definimos porque de alguma maneira precisamos nos entender. Mas nos definir não significa viver em função daquilo e somente isso. Não nos definir, para nos definir... contraditório, mas verdadeiro.


    Vanda Ferreira: http://vanda-ferreira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  35. discordo baby
    somos cada vez mais do mesmo
    a reificação é latente, e pensar q vivemos na pluralidade é ideologia.

    ResponderExcluir
  36. muito lindo seu blog, to te seguindo me segue taambém, me comenta as postagens ?? http://fersilverio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  37. Que texto incrível!!!
    Concordo com tudo que li...

    "Prefiro ser essa metamorfose ambulante
    Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo..." (Raul Seixas)

    Somos vários, mudamos a todo instante de nossas vidas e graças a essas mudanças e transformações ou mutações que crescemos e adiquirimos conhecimento...

    ResponderExcluir
  38. muito bom o texto
    adorei

    "definir-se é limitar-se"

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!