Como não falar de Saramago?

Genial José Saramago
Como falar de Saramago? Como homenagear um verdadeiro gênio nas letras, se minhas palavras são pobres e sem vida? Como posso lavrar qualquer sentimento para alguém que foi capaz de escancarar o feio, o belo, o filosófico como Saramago fez? Com certeza não o farei através de perguntas dúbias e retóricas. Não tenho um rastro do talento e nem um canto da amplitude de José Saramago; Assim, vou abster-me e deixar que a literatura dele fale por si:


“Nem a arte nem a literatura têm de nos dar lições de moral. Somos nós que temos de nos salvar, e isso só é possível com uma postura de cidadania ética, ainda que isto possa soar antigo e anacrônico.”

“A alegoria chega quando descrever a realidade já não nos serve. Os escritores e artistas trabalham nas trevas e, como cegos, tateiam na escuridão.”

“É ainda possível chorar sobre as páginas de um livro, mas não se pode derramar lágrimas sobre um disco rígido.”

“Em vez de ouvirem os escritores em busca de respostas sobre o que somos, as pessoas precisam ouvir umas às outras, porque nós, autores, não somos mais do que meros trabalhadores da palavra.”

"Se me perguntam por que escrevo, dou 30 respostas, nenhuma certa."

“Somos todos escritores, só que alguns escrevem e outros não.”

“O que realmente nos separa dos animais é a nossa capacidade de esperança”.

“Se não formos capazes de viver inteiramente como pessoas, ao menos, façamos tudo para não viver inteiramente como animais.”

"Nem a juventude sabe o que pode, nem a velhice pode o que sabe." (A Caverna)

“Nossa maior tragédia é não saber o que fazer com a vida.“

“Aprendi a não tentar convencer ninguém. O trabalho de convencer é uma falta de respeito, é uma tentativa de colonização do outro.”

"Somos a memória que temos e a responsabilidade que assumimos.”

“Para que serve o arrependimento, se isso não muda nada do que se passou? O melhor arrependimento é, simplesmente, mudar.”

“Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo”.

"Sabido é que todo efeito tem sua causa, e esta é uma universal verdade, porém, não é possível evitar alguns erros de juízo, ou de simples identificação, pois acontece considerarmos que este efeito provém daquela causa, quando afinal ela foi outra, muito fora do alcance do entendimento que temos e da ciência que julgávamos ter." (A jangada de pedra)

"Antes eu dizia: 'Escrevo porque não quero morrer' Mas agora mudei. Escrevo para compreender o que é um ser humano."

“Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é só um dia mais.”


Entrevista sua para o documentário Janela da Alma:

Uma luz de sabedoria apagou-se com o falecimento do vencedor do prêmio Nobel de Literatura – 1998 – neste última sexta-feira. Concordo com Meirelles: “A lucidez naquele grau é um privilégio de poucos, não consigo escapar do clichê, mas definitivamente o mundo ficou ainda mais burro e ainda mais cego hoje.”




 Thanks!!!

This entry was posted on 19 de jun de 2010 and is filed under , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 . You can leave a response .

39 Responses to “ Como não falar de Saramago? ”

  1. Realmente ....foi uma perca enorme para a literatura!

    Que descanse em paz!

    Seu blog é maravilhoso!

    Parabens

    http://italoopensador.blogspot.com/

    xD

    ResponderExcluir
  2. Fiquei incrivelmente sentido quando vi essa notícia na edição de ontem do Jornal Hoje. Saramago era simplesmente um gênio, de uma lucidez diferente de tudo o que qualquer um já viu.
    Até agora, só tive a oportunidade de ler "As Intermitências da Morte" e "O Caderno", e com essas poucas obras, talvez até inexpressivas perto da magnitude do seu trabalho, já o tenho como ídolo e até mesmo herói.
    Mas, pensando bem, acho que ele não teria se importado de morrer, se pudesse "ver a sua morte". Com tamanha percepção, até a morte deveria lhe ser simples.

    Bela homenagem, queria tê-la feito eu mesmo.

    http://anpulheta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Poxa o tiozão morreu
    Como sou viciado em literatura fique chateado

    ResponderExcluir
  4. Olá,Karla,td bem?
    Parabéns pelo layout do blog e pelo texto sobre o grande Saramago.
    Bjs e visite o meu,se desejar.

    www.priscilainfashionland.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Confesso que nunca li samarago, entretanto, admiro muito o nobel que ganhou por tudo aquilo que fez pela literatura.

    http://analisefc.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Realmente foi uma grande perda..
    Nossa, Karla, tu escreve muito bem. Meus parabéns.. E o teu blog é lindo! Tá nota 10!

    ResponderExcluir
  7. a perda dele não só para literatura, mais para todos que adimiram um bom pensamento é algo irreparável, Saramago nos deixa um legado incrível, fara falta !
    http://alancostam.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Foi uma grande perda! O lí apenas um livro dele. Ensaio sobre a cegueira. era um autor espetacular.

    ResponderExcluir
  9. vo nem mentir..
    mais eu gostei dessa:
    “Se não formos capazes de viver inteiramente como pessoas, ao menos, façamos tudo para não viver inteiramente como animais.

    ResponderExcluir
  10. Uaaaaaaaaau!
    Devo dizer que cada frase postada aqui foi estrategicamente pensada por você. Arrepiei palavra por palavra.
    Parabéns pelo ótimo blog. É muito difícil encontrar algum que AINDA tenha qualidade. E o seu tem de sobra.

    ;)

    ResponderExcluir
  11. Deveria existir alguma lei ultrapassando a política dos homens em que Saramago e outros nomes fossem imortalizados fisicamente também,assim,sem descanso.O mundo precisa de obras como as dele,e de formas de referencia como ele.E vai mais um...

    http://estrangulamentomoral.blogspot.com/2010/06/um-fantasma-contemporaneo.html

    ResponderExcluir
  12. Já tava na sua hora,ele está descansando com o papai do céu...
    vai deixar todas as criatividades para nos usufrui!

    ResponderExcluir
  13. Não li, mas tenho conhecimento e até mesmo as grandes "mentes" partem desse mundo mas deixam seu nome pra sempre.
    Bjão bom domingo

    ResponderExcluir
  14. Não onheço as obras dele, mas pela repercussão que o assunto teve nas midias, deve ter sido muito importante mesmo.

    www.comdestaque.blogspot.com -- www.sarau2eteres.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Ainda não li algum livro seu mas acabei de baixar "Ensaio Sobre a Cegueira". Conheço sua importância na nossa língua, afinal ele é o único prémio nobel de literatura do nosso idioma. Parabêns! Escrevi um post sobre ele também. Passa lá!

    Informação,humor,crítica e inutilidade
    http://papiinhas.blogspot.com/
    Post novo: "Saramago"

    ResponderExcluir
  16. Ele era um grande autor. O pesadelo de muitos que não compreendiam seus textos, suas lições, mas até mesmo estes sabiam que ele era e será sempre um grande autor. :)

    ResponderExcluir
  17. quando comecei a ler Caim pensei: "pô, que português biruta, não existe parágrafo neste livro!?"

    é uma leitura rápida e complicada no começo, mas depois que você acostuma, devora.

    que deus não lhe abençoe, parceiro.

    ResponderExcluir
  18. Bem minha amada Karla como eu mesmo disse temos que perpetuar esse corrente de morte

    ^^

    eterno
    Saramago

    ResponderExcluir
  19. Adorei! Parabéns! Singelo, amigo, verdadeiro, o texto maravilhosamente fabuloso!

    Abraços!

    http://poesiaspalavrasperdidas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. RIP MASTER.

    fiz um trabalho sobre o josé saramago pra escola no ano passado, ele é O CARA. Fará uma grande falta.

    ResponderExcluir
  21. Não sou muito fã de literatura, mas pelo visto ele era um símbolo, né? Que descanse em paz

    bjs

    ResponderExcluir
  22. Grande perdaaa mesmooo....
    Agente que perde mtooo ao perder uma pessoa dessas...to te seguindo aki :) adoro seu blog..aliás eu ja vinha aki a mto tempo..tinha outro blog : dicasquevoceprecisa..não sei se lembra..mas exclui por uns motivos aí..e fiz esse que espeor fazer sucesso..rs..se puder segue lá..to começando hj :) beijos e sucesso sempre no seu blog que eu adoroo...

    ResponderExcluir
  23. Maravilhoso!!!
    como o teu blog!!!

    "“Aprendi a não tentar convencer ninguém. O trabalho de convencer é uma falta de respeito, é uma tentativa de colonização do outro.”"

    Uma frase de total efeito ...
    na verdade...
    tentar
    convencer alguém de algo, é uma
    total perca de tempo, pois quem é amigo
    não precisa disso
    e teu inimigo não acreditaria...


    parabéns!!!
    bjim!

    ResponderExcluir
  24. Saramago foi d++

    a literatura ficará de luto por muito tempo

    parabens pela postagem

    http://ximbolistas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Eis alguém que vai fazer MUITA falta não só no mundo da literatura, mas sim para todos nós.

    São poucos os que restam hoje com tanto talento e genialidade.

    Adorei o blog, vou seguir :D

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  26. Dear mandei alguns e-mail

    aguardo respostas

    abraços

    ^^

    ResponderExcluir
  27. Oi Karla,td bem?
    Obrigada pela visita no meu blog e quanto a usar vestido com meião e bota,
    realmente fica lindo demais =D
    Bjs e volte sempre ^^~

    www.priscilainfashionland.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Foi uma perda grande, FATO, ue muitos estão banalizando tanto a literatura, a escrita.
    Acho otimo todos os post feitos para falar de Saramago . Bjos
    http://jovemandrade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  29. Gênio..
    E pessoas como ele,não morrem nunca..imortalizam a alma com seus textos,suas poesias,seus atos..

    Seu corpo pereceu,mas sua mente e suas palavras irão pairar para sempre na imortalidade de nossa memória..

    ResponderExcluir
  30. Bem legal seu blog
    gostei muito!
    visita o meu quando tiver um tempinho: http://semfrescura-nih.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  31. Sou ateu, a identificação com Saramago foi rápida.
    A história de vida dele já é em si uma coisa impressionante. Enfim, parabéns pelo post!


    http://atmosphera2.blogspot.com/
    http://urbanodesenhos.blogspot.com/
    http://urbanopessoal.blogspot.com/

    ResponderExcluir

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

LEIA,
PENSE,
COMENTE!

Obrigada pelo seu Comentário!!